Enel realiza cadastro no programa tarifa social em Goiânia, Aparecida De Goiânia E Senador Canedo

0
408
Foto: Alex Malheiros

A Enel Distribuição Goiás realiza nesta semana o cadastramento de clientes de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo, no programa Tarifa Social de Energia Elétrica. Reforçando o compromisso da Enel por Goiás, a atividade também possibilita que cada consumidor que fizer seu cadastro troque uma lâmpada incandescente ou fluorescente – exceto modelos tubulares -, com alto consumo de energia, por outra mais econômica, de LED.

Os cadastros serão realizados nos seguintes locais: segunda (6), no CRAS Capuava, em Goiânia, no CRAS Jardim das Oliveiras, em Senador Canedo, e no CRAS Tiradentes, em Aparecida de Goiânia; terça (7), no CRAS Central e CRAS Galvão, em Senador Canedo; quarta (8), no CRAS Curitiba, em Goiânia, no CRAS Nova Cidade e no CRAS Cidade Vera Cruz, em Aparecida de Goiânia; e quinta (9), no CRAS do Conjunto Vera Cruz, em Goiânia, e no CRAS Garavelo, em Aparecida de Goiânia.

Para receberem o benefício da Tarifa Social, os clientes precisam fazer a inscrição no CadÚnico em qualquer Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e procurar o atendimento da Enel com: RG, CPF, Número de Inscrição Social (NIS) ou Número do Benefício (NB) e uma conta de energia.

O projeto, instituído pelo Governo Federal para famílias de baixa renda, oferece descontos na conta de energia de até 65% em relação à tarifa residencial normal. O percentual do desconto depende do consumo de energia de cada cliente.

Têm direito ao desconto: famílias inscritas no CadÚnico com cadastro atualizado há menos de dois anos e com renda familiar mensal, por pessoa, menor ou igual a meio salário mínimo; famílias inscritas no CadÚnico com renda mensal de até três salários mínimos e que tenham na residência portador de doença crônica, cujo tratamento necessite do uso contínuo de equipamentos vitais que dependam de energia elétrica (Cliente Vital); beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – idosos ou pessoas com deficiência que tenham renda familiar de até 1/4 do salário mínimo por pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here