UFG desenvolve projeto de Geoparque para Chapada dos Veadeiros

0
282
Foto: Divulgação

Goiás pode vir a sediar o segundo Geoparque Global da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) no Brasil e o oitavo do gênero na América Latina. Um projeto para a criação do Geoparque Chapada dos Veadeiros foi apresentado na terça-feira, 21, pela coordenadora do curso de Geologia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal de Goiás (FCT-UFG), Joana Sánchez, ao vice-governador do Estado de Goiás, Lincoln Tejota (sem partido).

O geoparque compreende a microrregião da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, que engloba oito municípios: Cavalcante, Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul, Teresina de Goiás, Nova Roma, São João D’Aliança, Campos Belos e Monte Alegre de Goiás. O território vai um pouco além da área de proteção ambiental (APA) do Pouso Alto, criada pelo Decreto nº 5.419, de 7 de maio de 2001.

De acordo com definição dada pela Unesco, geoparques são regiões que agregam importância histórica, cultural, paisagística, geológica, arqueológica, paleontológica e científica. Somado a esses fatores, deve haver também uma estratégia de desenvolvimento sustentável para o local. Para que a região venha a ser reconhecida como um geoparque é necessário fazer o inventário do patrimônio geológico.

Reconhecimento

Joana Sanchez destaca que para obter o reconhecimento de geoparque mesmo ainda são necessárias algumas etapas. Uma delas é a elaboração de um dossiê para a Unesco, que, além da parte geológica, que é o carro-chefe do geoparque, conterá todo um levantamento social e cultural da região. Nesta fase, haverá a participação de pesquisadores de outras áreas da ciência. O tempo estimado pela professora para a conclusão dos trabalhos é de cerca de quatro anos. A professora a visita só ocorre se o geoparque estiver em funcionamento há aproximadamente um ano.

Capacitação

Além do projeto de pesquisa sobre a criação do geoparque, a docente coordena ainda dois projetos de extensão. Um deles é de Educação em Geociências e Geologia Regional para os guias e condutores da região. O outro, é a capacitação de guias em geologia e em normas técnicas de condutores de turismo, em conformidade com a norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), ministrado juntamente com o canionista Ion David.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here