Caiado sanciona lei que autoriza a estadualização de quatro hospitais do interior

0
378
Foto: Divulgação/Arquivo

O governador Ronaldo Caiado sancionou, nesta quinta-feira, 16, lei que autoriza o Estado a absorver as atividades ofertadas em quatro unidades de saúde do interior: Hospital Municipal de Formosa; Hospital das Clínicas Drº Serafim de Carvalho, de Jataí; Hospital Municipal de Luziânia; e Hospital Municipal Geraldo Landó, de São Luís de Montes Belos. Com a medida, o governo eleva para nove e, para mais de 1,5 mil, o número, respectivamente, de municípios preparados e de leitos para o atendimento adequado aos pacientes infectados pela Covid-19.

A matéria foi aprovada pela Assembleia Legislativa em sessão remota no último dia 8 de abril. Constavam na justificativa o fato de que a estadualização dos hospitais robustece o processo de regionalização e integração das ações e serviços de saúde em tempos de pandemia; e também a prerrogativa de otimização e organização da rede e dos fluxos assistenciais. Tudo com o intuito de evitar possível colapso no sistema estadual, a exemplo do que ocorreu em países como a Itália, que se furtou a estabelecer o isolamento social num primeiro momento.

Antes da deliberação dos deputados estaduais e da sanção do governador, as Câmaras Municipais de Jataí, Formosa, Luziânia e São Luís de Montes Belos já haviam aprovado legislações autorizando a estadualização das unidades de saúde. Depois de superada essa que é a maior crise sanitária mundial deste século, os hospitais continuam sob a tutela do Estado, mas voltam aos atendimentos rotineiros, de acordo com o perfil e complexidade de cada um.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here