Editorial | Usem máscaras. É o mínimo!

0
261
Foto: Paulo H. Carvalho

Na semana que houve flexibilização do funcionamento de diversos tipos de comércio, indústria e de serviços, o uso da máscara como prevenção ao novo coronavírus tornou-se obrigatória para todo mundo que deixou o isolamento social. As pessoas lotaram as ruas, supermercados e claro, o transporte coletivo – que teve o número de veículos diminuído na contramão do recomendado para evitar o contágio entre os passageiros. A desagradável surpresa ficou por conta de gente que ignorou o uso de máscara e que não está preocupada com o risco de adoecer ou até mesmo de morrer.

Acusam a imprensa de dar só notícia negativa, anunciando um elefante quando o coronavírus para eles é apenas uma formiga. Uma gripezinha, reforçando o coro de políticos comprometidos com os setores produtivos preocupados com a perda de capital. Na semana passada houve colapso no setor funerário do Amazonas. Pessoas foram enterradas às pressas, sem um rito funerário normal, sem velório, cortejo, presença de familiares e amigos. Os caixões foram colocados em uma fossa aberta com retroescavadeira. Enterro coletivo.

Em Manaus colhem o fruto da flexibilização e da incredulidade sobre a letalidade do vírus. Vale o recado para as pessoas que tiveram de voltar à rotina normal de trabalho. Cuidem-se. As autoridades recomendam o distanciamento social, o uso de máscaras e um hábito muito simples e barato, que é o de lavar as mãos. São medidas muito simples. Deixe o abraço apertado, o cumprimento com as mãos, o tapinha no ombro para quando todo o risco tiver dissipado.

Enquanto isso, vamos aplaudir iniciativas como a do HC-UFG e da Rede ITEGO/SEDI, que produzem máscaras e EPIs gratuitamente. Aos governos que distribuem cestas básicas, ajuda humanitária, financeira e o que mais fizer chegar aos mais necessitados. Que tudo sirva de inspiração que para que, depois da crise sanitária que vivemos, cuidemos melhor do planeta, do país, de nossas casas, famílias e de nós mesmos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here