Caiado e Lissauer defendem convergência entre Poderes no combate ao coronavírus

0
238

O governador Ronaldo Caiado recebeu o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em sua live diária, “Goiás Contra o Coronavírus”, nesta terça-feira (5). Na ocasião, o chefe do Executivo Estadual destacou a necessidade da união entre os Poderes no enfrentamento à pandemia, enfatizou a importância do trabalho desenvolvido pelos parlamentares goianos e elogiou a atuação de Lissauer na condução do Legislativo Estadual.

Caiado lembrou que a Alego aprovou a estadualização de seis hospitais em diferentes regiões do Estado e está votando, na Comissão Mista, um crédito suplementar de R$ 351 milhões para o aparelhamento da estrutura da Secretaria de Estado da Saúde. “Eu tenho que, de público, reconhecer o trabalho do presidente Lissauer na Assembleia Legislativa, o que deu condições para que o Estado de Goiás pudesse tentar melhorar cada vez mais a vida dos goianos”, agradeceu.

O governador ressaltou também o comprometimento do presidente da Alego que, nesta segunda-feira (4), conduziu uma reunião com os prefeitos de Goiânia, Iris Rezende; Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha; e de Anápolis, Roberto Naves, para debater ações pontuais no combate à proliferação da Covid-19 nos municípios, que hoje contam com o maior número de casos registrados. Caiado, que cumpriu agenda em Brasília, não pôde participar da reunião, mas elogiou os resultados já alcançados com a implementação de medidas focadas nas fragilidades apresentadas por cada município neste início de flexibilização da quarentena. De acordo com ele, nesta quarta-feira (6), uma videoconferência sobre o tema, com a participação de todos os prefeitos goianos, vai ser realizada.

Lissauer Vieira ressaltou que, neste momento, os governantes precisam priorizar as necessidades emergenciais, e o compromisso de todos é fundamental. “Nós precisamos continuar dialogando, continuar analisando as contas do Estado, a queda da arrecadação. É claro que nós temos que pisar no freio, analisar as questões financeiras e priorizar o que precisa ser feito nesse momento, principalmente na área da Saúde. O poder de compra do cidadão diminuiu, o desemprego chega, tudo isso acaba acarretando para o governo dificuldades e os Poderes precisam ser convergentes”, avaliou.

O governador lembrou, também, que defendeu a união entre os Poderes durante reunião realizada nesta segunda (4) com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.  “Além da pandemia que nós temos enfrentado e do desemprego, você não pode ter também um desencontro entre os Poderes. Eu não governo sem ouvir os presidentes dos Poderes”, garantiu.

Caiado e Lissauer se mostraram preocupados com os índices de isolamento social que têm diminuído no Estado, ao passo que o número de infecções por coronavírus tem aumentado. Ambos defenderam o isolamento e afirmaram que a conscientização da população é imprescindível nesse momento. Goiás registrou 922 casos da Covid-19, nesta terça-feira (5), está prestes a alcançar o estágio 3 de contágio, que contabiliza de mil a 10 mil casos. Outro fator de preocupação é que 160 cidades no Estado estão com percentuais de isolamento social abaixo de 50%, índice muito aquém do ideal que seria de 70%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here