Casal de idosos curados da Covid-19 recebe alta juntos

0
226

Cirsa, 67 anos e Edgar, 72, ficaram internados na UTI do Hospital Promed por duas semanas e agora vão ter a chance de conhecer o bisneto que nasceu quando os dois ainda estavam internados

O sentimento da família é de alívio! Assim descreve Edna Pimentel, que acompanhou apreensiva a internação dos pais: Cirsa Pimentel Machado, 67 anos, e Edgar Batista Machado, 72. Diagnosticados com o novo coronavírus, o casal ficou em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Promed, que faz parte do Sistema Hapvida, por duas semanas, porém em alas diferentes. Mas nesta segunda-feira, 25 de maio, após quinze dias de distanciamento, os dois receberam alta e foram pra casa juntos.

Os sintomas de ambos começaram a aparecer, dois dias depois de o filho deles receber alta de um outro hospital da capital. Desde então, o casal lutou pela vida, dia após dia, sendo necessário utilização do respirador. Edgar é hipertenso, possui problemas no coração e deficiência auditiva. Além disso, é ex-fumante, o que faz com que o idoso entre no grupo de risco para a Covid-19. Cirsa também possui hipertensão, problemas cardíacos e doença renal crônica.

Os primeiros sintomas

Tudo começou no final de abril, quando Edmar Pimentel, filho de Cirsa e Edgar, sofreu um acidente enquanto andava de bicicleta com amigos, e precisou ficar internado por duas semanas na UTI de um hospital público da capital. Como medida de segurança, as visitas foram restritas e a família só ficava sabendo de notícias de Edmar através do telefone. Quando ele recebeu alta e chegou em casa, a saudade falou mais alto, e a família inteira retirou as máscaras para confraternizar, Edmar distribuiu abraços e retribuiu o carinho dos pais, irmãos, filhos e netos.

Dois dias depois, a família inteira apresentou sintomas de gripe, porém, no casal de idosos, a situação se agravou. Cirsa começou a ter febre e uma das filhas a levou ao pronto socorro. Chegando lá, foram constatadas manchas no pulmão e a idosa precisou ser internada. Com o agravamento da situação, no dia 6 de maio, foi transferida para a UTI do Hospital Promed. Edgar foi internado na UTI no dia 10.

Como as visitas para pacientes diagnosticados com o novo coronavírus estão proibidas, a família recebia as informações por telefone, todos os dias às 16 horas. “O médico me ligava todos os dias e passava todas as informações e tirava todas as nossas dúvidas. Sabemos que não poderíamos visitá-los, mas as ligações sempre nos tranquilizavam. Todos foram muito atenciosos conosco, os médicos e os enfermeiros, ficamos muito gratos”, declara Edna.

Expectativa da volta pra casa

Casados há 42 anos, Cirsa e Edgar são muito parceiros. Apesar de aposentados, os dois fazem alguns bicos vez ou outra. A Cirsa, às vezes trabalha como salgadeira. E o Edgar, atua como soldador. São pais de 4 filhos, 10 netos e 5 bisnetos. Inclusive, o bisneto caçula nasceu enquanto estavam internados. “A nossa família é grande e muito unida. Estamos todos contando os dias para encontrarmos com eles novamente. Nesse período que eles estiveram internados, recebemos carinho de todas as partes, inclusive dos nossos amigos que moram fora do Brasil”, disse a filha emocionada.

Sobre o casal

A Cirsa é natural de Jaraguá, interior de Goiás. Já Edgar é baiano de nascimento e goiano de coração. Nos momentos de lazer, a atividade preferida dos dois é reunir a família. Para a filha, o casal se tornou um exemplo de superação e amor. “Eu acredito que algumas situações são de Deus mesmo. Os dois foram internados no mesmo hospital, com o mesmo problema, e agora, vão receber alta juntos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here