Bolsonaro diz esperar reabertura rápida após informação da OMS sobre contágio por assintomáticos

0
269
Foto: Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 9, que espera ver o país voltar à normalidade de antes da epidemia de coronavírus depois que a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que pacientes assintomáticos da Covid-19 parecem ter risco muito baixo de transmitir a doença.

Segundo o presidente, em sua fala de abertura da reunião do Conselho de Ministros, o “pânico que foi pregado lá atrás pela grande mídia pode agora começar a se dissipar” com as novas informações sobre esse baixo risco de transmissão.

A OMS, na verdade, informou que “parece haver” baixa transmissibilidade de assintomáticos e citou por enquanto apenas um estudo de pequeno porte feito pela China. A chefe do programa de emergências da entidade, Maria van Kerkhove, ressaltou depois, em sua conta no Twitter que há diferenças entre assintomáticos e pré-sintomáticos —pessoas que ainda não têm sintomas, mas vão desenvolvê-los. Essas pessoas transmitem mais intensamente no início da contaminação.

Bolsonaro passou a defender novamente o fim do isolamento social com mais vigor depois dessas informações.

“Quem sabe poderemos voltar à normalidade que tínhamos no começo deste ano”, disse Bolsonaro ao abrir a reunião.

Apesar do estudo citado, a OMS não reviu a necessidade de isolamento social para frear a disseminação do vírus. (Reuters)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here