Governo de Goiás oferece hospedagem a profissionais da saúde que atuam no combate à Covid-19

0
322

O Governo de Goiás lançou o programa Hotéis Mais Saúde. A ação oferece hospedagem aos combatentes da pandemia, garantindo um ambiente seguro e confortável para descanso, ao mesmo tempo em que preserva seus familiares do convívio direto e, consequentemente, de um eventual contágio por Covid-19.

Nesta primeira etapa do programa, que é gerido pela Goiás Turismo, são disponibilizados 92 quartos no hotel Comfort Suítes Flamboyant, em Goiânia. A seleção dos hóspedes é feita pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), que prioriza atendimento aos servidores cuja rotina de trabalho envolve maior contato com os pacientes da Covid-19. É o caso, por exemplo, do médico Luís Reis. “Essa iniciativa tem garantido tranquilidade e segurança para pessoas que, assim como eu, continuam trabalhando nesse período”, relatou.

Luís atua como médico clínico socorrista no Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT). Em toda conclusão da jornada de trabalho, ao invés de voltar para casa, ele tem se hospedado no hotel contratado pelo Estado. Mais que conforto, ele relata que o Hotéis Mais Saúde resguarda sua família. Luís mora com pessoas pertencentes ao grupo de risco da pandemia, por isso o distanciamento veio na hora certa. “Esse é um período de seriedade, mas tenho certeza que passaremos por ele”, observou.

A seleção do hotel ocorreu por meio de dispensa de licitação, em virtude da pandemia, e impõe várias condições estratégicas. Entre elas, a utilização de até 65% da capacidade, para evitar aglomerações, o atendimento exclusivo aos profissionais da saúde e a proximidade com os hospitais. Atualmente o Comfort Suítes Flamboyant recebe servidores que atuam no HDT, como é o caso do médico Luís Reis, e no Hospital de Campanha de Goiânia.

Sobre a rotina dos hóspedes, o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, afirmou que segue protocolos de segurança, como a testagem periódica para a Covid-19. “Outro fator preocupante é a questão do distanciamento entre esses trabalhadores e seus familiares. Por isso, estamos buscando auxílio psicológico para acompanhar tanto os profissionais da saúde, como as respectivas famílias”, salientou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here