Hospital de Itumbiara para atender pacientes da Covid-19 será inaugurado nos próximos dias

0
335
Foto: GoogleMaps

A população de Itumbiara, cidade a cerca de 207 quilômetros de Goiânia, está em contagem regressiva para a tão aguardada entrega da reforma do Hospital e Maternidade São Marcos. A Justiça determinou a estadualização da unidade, que estava fechada. De imediato, o Governo de Goiás assumiu a gestão, e o governador Ronaldo Caiado determinou a reforma do espaço e reestruturação do hospital.

Nesta semana, as obras entraram na reta final, e a previsão é que no próximo dia 29 de junho, o Novo Hospital Estadual São Marcos abra suas portas, para garantir assistência à saúde de qualidade aos moradores de Itumbiara e região. A reinauguração da unidade – localizada na macroregião Centro Sudoeste, que conta com uma população de cerca de 1,3 milhão de pessoas –  é mais um avanço dentro do compromisso do governador Ronaldo Caiado de regionalizar a saúde em Goiás.

A união de esforços para que a abertura fosse possível é destacada pelo governador Ronaldo Caiado. “Nós, Graças a Deus, conseguimos um trabalho enorme. Com apoio da Assembleia Legislativa, de nossos deputados estaduais; e também da bancada de deputados federais, conseguimos avançar naquilo que mais precisávamos: reestruturar a rede de Saúde no Estado de Goiás, que nunca teve a condição de atender as pessoas necessitadas, de outra maneira que não fosse deslocá-las de ambulância para Goiânia”, pontua Caiado.

O hospital terá 200 leitos, sendo 30 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes graves e 170 de leitos clínicos, em enfermaria. Durante a pandemia, a unidade servirá como hospital de campanha para receber pacientes da Covid-19. Depois terá um perfil ampliado com mais especialidades.

“Graças ao apoio da sociedade, das lideranças políticas, criamos algo que dificilmente outro Estado conseguiu. Em tão rápido espaço de tempo, estruturar a rede de Saúde; não apenas com ambulância, mas com estrutura médica e todo instrumental necessário para dar as pessoas medicina de qualidade, como se estivessem na capital do Estado. Isso se chama dignidade”, reitera Caiado.

Histórico

Com a obra chegando ao final, houve pedido para a unidade ser assumida pela gestão municipal. No entanto, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) deu parecer desfavorável à solicitação da Prefeitura de Itumbiara para cessão temporária do imóvel destinado à instalação do Hospital São Marcos. A gestão municipal, inclusive, possui uma dívida de mais de R$ 4 milhões com a unidade.

Por meio de decisão da 1ª Vara Cível da Comarca de Itumbiara, o Estado de Goiás obteve a reversão do imóvel doado ao Hospital São Marcos e todas as suas acessões, benfeitorias e mobiliário da atividade hospitalar, com a concessão da imissão provisória da posse.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here