Vereadora Sabrina Garcez (PSD) protocola denúncia no Ministério da Saúde contra gestão municipal de Goiânia

0
264
Foto: Wictória Jhefany

Na última sexta-feira, 10, a vereadora Sabrina Garcez foi até o Ministério da Saúde em Brasília (DF) para protocolar uma denúncia contra o mau uso de repasses federais no município de Goiânia para enfrentamento ao coronavírus.

A vereadora fez um amplo levantamento dos investimentos realizados por Íris Rezende através do Portal da Transparência do Município de Goiânia, destinados exclusivamente aos gastos da Covid-19. Foram analisadas movimentações relativas a licitações, dispensas, contratos e despesas no período referente de março à junho de 2020. Ainda, considerou-se todas as movimentações financeiras relativas a receitas gerais, transferência de recursos recebidas, despesas gerais e transferências realizadas, observando os critérios de oportunidade e conveniência da gestão municipal.

Como entendimento do Supremo Tribunal Federal, os municípios têm autonomia no enfrentamento às doenças, mesmo que haja diretrizes do Ministério da Saúde com orientações e recomendações. Após consultas no Portal da Transparência do governo federal, a aplicação dos recursos da saúde em Goiânia não é compatível com a real necessidade do estado de calamidade no município, pois os leitos de UTI estão chegando em sua capacidade máxima, não houve uma ampla realização de testes de Covid-19 na população e também carece na prevenção.

Sabrina recebeu inúmeras denúncias que revelam o estado dramático de uma Secretaria de Saúde que mesmo recebendo repasses federais, só reforçaram o combate à pandemia na no dia 02 de julho. De acordo com a parlamentar, “Enquanto houver essa procrastinação na gestão municipal, pessoas continuarão morrendo na nossa cidade, o comércio continuará fechado e os mais vulneráveis pagarão por essa conta”, afirma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here