Inquérito Populacional ajuda a mapear casos de covid-19 em Goiânia

0
314
Foto: Divulgação

O quarto Inquérito Populacional Soroepidemiológico realizado pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no último sábado, 11, mostrou um aumento no número de casos na capital. Das 2.577 pessoas testadas, 166 apresentaram resultado positivo para o novo coronavírus. Segundo projeções da Vigilância Epidemiológica da SMS, isso significa que 6,4% da população de Goiânia já teve a doença. O distrito Norte teve o maior índice de contaminação, com 12,8%. Em seguida veio o distrito Leste, com 8,7%. A região Sudoeste continua com o menor índice (2,6%).

O superintendente de Vigilância em Saúde de Goiânia, Yves Mauro Ternes, explica os motivos de mais pessoas terem contraído o novo coronavírus. “Naquela região sempre há um enorme fluxo de pessoas principalmente por conta das Centrais de Abastecimento de Goiás (CEASA) e do amplo comércio varejista. Tudo isso acaba provocando aglomerações. Lá existe também uma grande circulação de caminhões vindos de todas as regiões do país por conta da proximidade com a BR-153”.

Para a titular da SMS, Fátima Mrué, o resultado do inquérito é norteador das ações que a prefeitura toma no enfrentamento à pandemia. “Como sabemos que a região Norte apresenta maior taxa de transmissibilidade, vamos concentrar as ações de prevenção por lá. Mas também é preciso que a população continue mantendo o distanciamento social, usando máscara, fazendo a higienização correta das mãos para que possamos conter o avanço da doença”, ressalta.

O resultado do inquérito está disponível no site da Prefeitura de Goiânia e pode ser consultado com o número de protocolo que foi entregue para cada uma das pessoas que fizeram a coleta. Os formulários que foram preenchidos nas entrevistas durante a testagem estão em processo de análise para conclusão do perfil das pessoas que fizeram o teste.

Porcentagem de casos positivos por Distrito Sanitário:

  • Leste: 8,7%
  • Norte: 12,8%
  • Noroeste: 6,4%
  • Sudoeste: 2,6%
  • Sul: 7%
  • Campinas / Centro: 3%
  • Oeste: 5,4%
  • Goiânia: 6,4%

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here