Amma retira invasores de área de preservação permanente

0
385

Acionada por uma denúncia feita no telefone 161, a Gerência de Fiscalização da Amma foi ao local e constatou que realmente havia invasores numa área de preservação permanente do Jardim Ipanema. Não foi encontrada nenhuma edificação, mas apenas cercas dividindo áreas, cada uma pertencente a pessoa diferente, e plantio de hortaliças, mandiocas, bananeiras. Isso em local onde anteriormente havia árvores nativas do Cerrado, que foram retiradas pelos próprios invasores. As plantações, conforme se descobriu, eram regadas com água desviada de uma nascente dentro da mata.

Nesta sexta-feira (24/7), equipes da Amma voltaram ao local para desocupação da área, conforme o gerente de Fiscalização, Diego Moura, alertou os invasores no dia 21. Moura lhes disse que deveriam retirar as cercas, caixas de água, barracas de lona, entre outras coisas. O que fizeram hoje.

Durante a ação de desocupação, apareceram algumas pessoas contestando o trabalho da Amma, que foi amparado pela Guarda Civil Metropolitana e Polícia Militar Ambiental. O argumento delas era o mesmo: de que só estavam ajudando a cuidar da área. Moura, que comandava a ação, perguntou às pessoas como poderiam estar cuidando de área de preservação permanente “arrancando árvores, desviando água da nascente, cercando a área”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here