Rápidas | Militarização da educação municipal

0
267

O jornalista e advogado Nilson Gomes é pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo Democratas e uma de suas propostas é militarizar o ensino de 6° a 9º ano em toda a rede pública municipal, com o Corpo de Bombeiros à frente desta missão.

Creche em igrejas

O deputado estadual Talles Barreto, pré-candidato do PSDB a prefeito de Goiânia, que busca aliança com a Igreja Assembleia de Deus para lançar seu vice, defende uma união forte entre a gestão pública e a igreja no setor de desenvolvimento social. “As igrejas são capazes de fornecer espaços que atualmente a prefeitura de Goiânia não dispõe, como salas de aula para cursos, espaço para acolhimento infantil e fornecimento de refeições”. Não revela, porém, a que custo a igreja faria o trabalho que é do poder público.

Francisco sem o Jr

Pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo PSD esteve reunido com o presidente municipal do Partido Progressista, deputado Rafael Gouveia e o vereador Oséias Varão, para discutir os desafios da nova gestão para Goiânia. A conversa sinaliza uma aliança para a disputa deste ano. E falando nisso, o deputado vem com nova identidade visual. Vai abandonar o Júnior no nome. Será apenas Francisco.

Já são 18 pré-candidatos

A disputa pela Prefeitura de Goiânia ganha corpo. Já são 18 pré-candidatos que se movimentam em busca de apoio (já que ainda não podem pedir voto). São eles: Iris Rezende (MDB), Adriana Accorsi (PT), Alysson Lima (Solidariedade) Eduardo Prado (DC), Talles Barreto (PSDB), Major Araújo (PSL), Virmondes Cruvinel (Cidadania), Elias Vaz (PSB), Francisco Júnior (PSD), Dra. Cristina (PL), Felizberto Tavares (Podemos), Paulinho Graus (PDT), Fábio Júnior(Unidade Popular), Hemanuelle Jacob (PSOL), Maria Ester (Rede), Wilder Morais (PSC), Nilson Gomes (DEM) e Gustavo Gayer, também do DC.

Presença de Mulheres

Aliás, esta é uma disputa com o maior número de candidatas na disputa do Executivo goianiense. Adriana Accorsi, Dra. Cristina, Hemanuelle Jacob e Maria Ester pretendem atrair também a maioria do eleitorado com suas propostas.

Aulas presenciais após vacina

A deputada Delegada Adriana Accorsi, integrante da Comissão de Direitos da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa foi a única parlamentar presente na reunião virtual que debateu a volta às aulas em Goiás. Ela defende a volta às aulas presenciais enquanto não houver uma vacina que garanta a segurança das crianças, adolescentes, professores e servidores da Educação. Adriana Accorsi é pré-candidata à Prefeitura de Goiânia pelo Partido dos Trabalhadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here