Como potencializar o aprendizado em casa

0
269

A dedicação aos estudos é a chave para um bom desempenho escolar, mas estudar em casa neste período de pandemia pode ser desafiador quando tudo o que te lembra descanso e lazer está ao seu alcance. É preciso foco, disciplina e organização acima de tudo para estudar por um longo período de tempo com qualidade no estudo. A seguir, algumas dicas para ajudar alunos de todas as idades a não tornar esta rotina cansativa e improdutiva.

As melhores práticas de estudo para crianças e adolescentes:

1) Plano de estudo

Faça um planejamento semanal dos estudos. Distribua os conteúdos por tempo. Com isso, o aluno aprende também a se organizar, a conhecer seu ritmo de estudos e evolui gradualmente em relação aos conteúdos. O ideal é estudar diariamente, mesmo que seja por um curto período de tempo. E reservar um tempo maior para os conteúdos que considera mais difíceis.

2) Revisões

Revisitar os conteúdos estudados ajuda o cérebro a fixá-los. Fazer cards cards também são uma forma de revisar os conteúdos. O estudante pode deixar alguns post-its com fórmulas e breves conceitos fixados no seu local de estudo ou em seu caderno ou na parede do quarto.

3) Resumos

Fazer resumos é uma das técnicas de estudo mais utilizadas pelos estudantes. Uma dica é criar fichamentos antes de fazer os resumos. Depois de ler o conteúdo, o estudante pode fazer uma síntese esquemática com as informações mais importantes. Posteriormente, essa referência pode servir como uma bibliografia para a elaboração dos resumos.

4) Métodos auditivos e visuais

Os estímulos auditivos são outra forma de memorizar conteúdos. Um dos métodos de estudo que exploram esse sentido são as táticas mnemônicas, que usam músicas e frases engraçadas para criar associações com os tópicos das matérias.

5) Exercícios

A resolução de exercícios é uma técnica de estudo duas vezes mais eficiente do que os outros métodos. Além das questões das apostilas, o estudante também pode responder simulados. As provas também devem ser aproveitadas para testar o conhecimento e reavaliar o plano de estudo, a fim de melhorar o desempenho posteriormente.

6) Intercalar disciplinas

Muitos estudantes estudam diversos conteúdos de uma mesma disciplina para só depois passarem para a próxima, porém essa pode não ser a prática mais eficaz. Intercalar o estudo de diferentes disciplinas beneficia o aprendizado e o desenvolvimento das funções cognitivas. Esse método ajuda o estudante a aumentar o tempo de concentração plena, resultando em maior rendimento no mesmo período de tempo. Adotar essa prática também estimula o aprendizado interdisciplinar, cada vez mais comum nos vestibulares.

7) Grifar conteúdos

O uso do marca-texto é uma das técnicas de estudo mais utilizadas, já que é simples e exige pouco esforço.

8) Usar a internet

O acesso à internet permite que os estudantes explorem mais recursos, de diferentes fontes de informação e em formatos variados, como as videoaulas e os podcasts, por exemplo.

9) Elaborar perguntas e respostas

A formulação de perguntas sobre os conteúdos estudados favorece o aprendizado, assim como, a elaboração de respostas com as próprias palavras sobre o assunto em questão. Essa técnica ajuda o estudante a compreender, dominar e memorizar as informações.

10) Usar lápis e papel

Esse método de estudo é considerado um dos mais eficazes pelo professor. Utilizar meios eletrônicos pode ser bastante conveniente, mas os celulares, computadores e tablets podem gerar distrações. Ter papel e lápis em mãos ajuda o estudante a compreender melhor a matéria. Além disso, esses materiais são essenciais para fazer um rascunho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here