”Sugestões de representantes da educação superior serão levadas ao Plano de Governo”, diz Vanderlan

0
194

Um projeto para implantação do Prouni Municipal deverá ser discutido no plano de governo da coligação Goiânia em um Novo Momento, indicou o candidato à prefeitura Vanderlan Cardoso (PSD) em reunião nesta quarta-feira, 30/9, com representantes do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Educação Superior do Estado de Goiás (Semesg).

O Programa Universidade Para Todos, do Governo Federal, teve sua versão municipal na gestão de Vanderlan na prefeitura de Senador Canedo e consiste na concessão de bolsas de estudos em cursos superiores. “Fizemos em Senador Canedo e foi muito bom para os estudantes, com parte do ISS (Imposto sobre serviços) sendo revertido em bolsas de estudos para o acadêmico carente”.

Para o presidente do Sindicato, Jorge de Jesus, a experiência bem-sucedida de Vanderlan em Senador Canedo anima o segmento, pois ele já sabe o que funciona. “Nós já fizemos os estudos, levantamos as necessidades e agora vamos apresentá-los ao candidato para que o Prouni, ou Bolsa Universitária Municipal, se torne uma realidade em Goiânia”.

O professor Paulo Gonçalves, da Fasam, reforçou que a mantenedora das instituições pede a  redução de alíquota para 3% ou 2 %.  “Os acertos financeiros com alunos é muito sofrido. É de dar dor no coração. O esforço do aluno é visto, mas não temos como diminuir valor de mensalidade, pois estamos trabalhando dentro do limite”, explicou ao ressaltar a necessidade do apoio financeiro aos alunos mais necessitados, especialmente com os impactos da pandemia.

“Acompanhei a transformação da educação e da saúde em Senador Canedo e parabenizo o Vanderlan pela excelente gestão no município. Lembro também de bons projetos como o de ortodontia – que beneficiou milhares de jovens na cidade”, ressaltou Iury Oliveira, diretor acadêmico da Universidade. O candidato disse que todos os bons projetos implantados em sua gestão serão trazidos para Goiânia.

Participaram da reunião o presidente do Semesg, Jorge de Jesus, professor Paulo Gonçalves, Ricardo Correia, Italo de Castro, Iury Oliveira, Celso Pinto Faria e Renato Barros, todos da Fasam, além dos vereadores Paulo Daher (PMN Goiânia) e Lucas do Galdino (PSC Bonfinópolis) e o presidente da associação internacional De Liro de Saron, Joaquim Francisco Oliveira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here