Serviço de agendamento para doação de sangue da Hemorrede Pública de Goiás ultrapassa 10 mil atendimentos

0
303
Foto: Divulgação

A digitalização deixou de ser uma opção e passou a ser uma necessidade, inclusive na área de saúde. Na Hemorrede Pública de Goiás, atentos a essa demanda, Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), instituição que gere o banco de sangue do Governo de Goiás, implantou o sistema de agendamento das doações através do endereço eletrônico agenda.hemocentro.org.br e do telefone 0800 642 0457, buscando garantir mais agilidade no atendimento nas unidades de todo Estado.

Segundo a coordenadora de triagem e coleta da Hemorrede, Layane Marques, desde que o serviço foi implantado, em 30 de março deste ano, já foram realizados mais de 10 mil agendamentos pelos canais de atendimento. “Inicialmente o serviço foi disponibilizado apenas para o Hemocentro de Goiânia, mas com o sucesso da nova ferramenta de agendamento, em maio, ampliamos o serviço para todas as unidades do Estado”, conta.

Layane pontua que nem todos os doadores que agendam comparecem de fato para doação, mas que o sistema tem sido um aliado do setor de coleta na organização das unidades no enfrentamento contra o novo coronavírus. “Com agendamento conseguimos orientar nossos voluntários para virem às unidades do Hemocentro em horários alternados, assim, evitamos aglomerações e garantimos uma maior agilidade no atendimento”, frisa.

Doação segura

A Hemorrede Pública de Goiás adotou todos os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) para segurança dos doadores em suas unidades. “Não existe evidência de transmissão de coronavírus por transfusão de sangue, no entanto, o MS orienta para que pessoas que tiveram contato com pacientes infectados ou com suspeita de Covid-19 fiquem impedidas de doar sangue pelo prazo de 14 dias. Para quem foi considerado caso suspeito ou confirmado, o prazo é de 30 dias após a remissão dos sintomas”, esclarece a coordenadora. Ela informa ainda que a Hemorrede dispõe de rotinas rigorosas de limpeza e desinfecção dos ambientes, uso de insumos descartáveis, além de treinamentos específicos de todos os servidores das unidades.

Quem pode doar?

Os requisitos básicos para passar pela entrevista pré-doação de sangue são: estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 60 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. A orientação é que doadores acima de 60 anos fiquem em casa, visto que são pessoas do grupo de risco do novo coronavírus. Quem tomou a vacina da febre amarela ou sarampo deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here