Governador escolhe Anderson Máximo para desembargador

0
158

Ex-secretário da Casa Civil e procurador do Estado, Anderson Máximo foi escolhido pelo governador Ronaldo Caiado, na tarde desta segunda-feira, 16, para a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). A nomeação já foi publicada na edição suplementar do Diário Oficial do Estado de Goiás.

A divulgação ocorreu pelas redes sociais do governador, após reunião com o presidente do TJ-GO, desembargador Walter Carlos Lemes, juntamente com o presidente eleito do TJ-GO, desembargador Carlos Alberto França, e do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Lúcio Flávio Siqueira de Paiva, que levaram a lista tríplice para escolha do novo desembargador.

“Recebi das mãos do presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, o desembargador Walter Carlos Lemes, e dos demais Poderes, a lista tríplice dos concorrentes ao cargo de desembargador, na vaga destinada à OAB-GO. Escolhi Anderson Máximo, que foi o mais votado pelos desembargadores. Desejo sorte e muita sabedoria a ele, que defenda acima de tudo os interesses de Goiás e dos goianos”, escreveu o governador na sua conta no Instagram.

Anderson Máximo é procurador do Estado, especializado em Direito e Processo do Trabalho e em Direito Constitucional pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Já exerceu a função de assessor jurídico do Contencioso da Procuradoria-Geral do Município de Goiânia, tendo sido ainda chefe do Contencioso Tributário da Procuradoria-Geral do Município de Anápolis.

Máximo foi ainda procurador-geral do Estado de Goiás entre 2009 e 2010. Integrou os conselhos de Administração da Celg e Saneago, foi chefe da Advocacia Setorial da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás e da Secretaria de Contratos, Convênios e Projetos Institucionais da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

O novo desembargador foi o mais votado na lista tríplice, elaborada pelos desembargadores do TJ-GO, que se reuniram, na manhã desta segunda-feira (16/11), em sessão ordinária do Órgão Especial. Conforme mostrado pela OAB-GO, os escolhidos pontuaram da seguinte forma: Anderson Máximo de Holanda (19 votos, no 1º escrutínio), Alexandre de Morais Kafuri (12 votos, no 2º escrutínio) e Antônia de Lourdes Batista Chaveiro Martins (13 votos, no 3º escrutínio).

O TJ-GO conta com 42 cargos de desembargadores, sendo que, antes da escolha de hoje, 41 estavam ocupados, provenientes de carreira na magistratura, do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) e da advocacia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here