Jogos e Iniciação Esportiva lideraram atendimentos do Esporte durante a gestão

0
264

A gestão do prefeito Iris Rezende foi marcada, também, pelo amplo atendimento esportivo dos alunos matriculados na rede municipal de ensino e da comunidade geral. As ações norteadoras desses atendimentos foram os Jogos Educacionais, voltados aos educandos da rede, e a Iniciação Esportiva, projeto que levou para dentro da comunidade a prática regular de diversas modalidades de esporte e práticas corporais.

Os Jogos Educacionais tiveram sua 27ª edição realizada em 2019 e, em 2020, em virtude da pandemia de Covid-19, foi suspenso. Os jogos têm como objetivo vivenciar com a prática esportiva, a socialização, tolerância, cooperativismo, espírito de participação e recreação. Ele acontece na forma de festivais visando atender todos os alunos da rede: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos e oferece vivências nas seguintes modalidades: Festival de Atletismo e Atletismo Mirim, Maratoninha, Trilhas Educacionais, Festival Esportivo (futsal, voleibol, basquetebol e handebol), Queimada, Tênis de mesa e oficina de Xadrez.

Durante os jogos, os participantes têm oportunidade de desenvolver relações interpessoais como o respeito mútuo e valorização ao meio ambiente. Assim como conhecer e vivenciar atividades lúdicas e esportivas. De 2017 a 2019, foram mais de 41 mil atendimentos só nesta ação, que é aberta oficialmente pelo prefeito, com acendimento da pira olímpica.

Já a Iniciação Esportiva tem uma essência diferente: busca incluir toda a comunidade, não só alunos da rede, na prática regular de exercícios físicos e esportes. Na atual gestão, professores de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) ficaram responsáveis pelas turmas em diversos pontos de Goiânia, sendo eles espaços poliesportivos de escolas em contraturno de aulas, praças e parques públicos municipais. Dentre as modalidades esportivas, estão o atletismo, futebol de campo, futebol society, natação, ginástica localizada, alongamento, hidroginástica, ginástica funcional, dentre outros, com turmas para crianças, jovens e adultos. Nos 4 anos de gestão, foram quase 34 mil atendimentos.

A iniciação esportiva voltada para o atletismo, realizada na Escola Superior de Educação Física e Fisioterapia de Goiás (Eseffego) e na Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico, tem rendido bons frutos para a população. Sob a tutela da professora Rosemeire Oliveira Sousa, crianças, jovens e adultos ingressam no mundo do atletismo e descobrem novos horizontes.

Funcionária da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), Rosemeire trabalhou durante anos ministrando em sala de aula, até que viu a oportunidade de mudar a vida das pessoas através do atletismo. Com turmas em duas unidades, a professora trabalha com cerca de 80 alunos, variando entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Outro exemplo dos benefícios da Iniciação Esportiva é a turma do professor Robson, no Parque da Vizinhança II (Odilon Soares), no setor Faiçalville. Inaugurado em 2017, o parque conta com as turmas do professor que trabalha há 9 anos com o público adulto. Além da melhoria na saúde física, as turmas de funcional funcionam como uma verdadeira terapia, ajudando, inclusive, no tratamento da depressão. É o que conta Wéllina Gonçalves, de 41 anos. A enfermeira é aluna do professor Robson desde o início do projeto e salienta a importância que as atividades físicas tiveram em uma fase crítica de sua vida, quando foi diagnosticada com depressão e iniciou tratamento.

“Estava num processo de tratamento de depressão, foi quando iniciei as atividades físicas aqui. Tenho conseguido vir todos os dias e tive um enorme progresso no meu tratamento e na minha saúde. Tenho perdido peso, minha autoestima elevou. Não tem coisa melhor que você vestir uma roupa que não conseguia antes, brincar com seus filhos. Além disso, essa interação que nós temos aqui é muito boa, fortalecemos nosso vínculo e nossa amizade”, destaca.

Em 2018, foram criadas as Jornadas Esportivas, nas quais alunos e comunidade em geral podem participar de disputas nas modalidades: futsal, queimada, tênis de mesa, dama, xadrez, dominó, voleibol, badminton, peteca, corrida e brincadeiras tradicionais como pique-pega, pingue-pongue, amarelinha e outras atividades lúdicas. A programação também conta com oficinas de pintura de rosto, arte com balões, dança, karaokê, cineminha, de beleza e informática.

A Jornada tem por objetivo promover a integração da comunidade escolar e local por meio de práticas esportivas e recreativas e também de promover o incentivo ao esporte. Durante a gestão, foram realizados mais de 22 mil atendimentos só nesta ação.

Outras ações que merecem destaque são a organização e coordenação técnica dos Jogos Indígenas, a Maratoninha da Caixa, duas edições do Campeonato Society Feminino e as competições anuais de natação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here