Anápolis é a cidade do Estado que mais criou leitos exclusivos de UTI por habitante

0
258
Foto: Bruno Velasco

 

Proporcionalmente, Anápolis é o município goiano que mais abriu leitos exclusivos para os seus munícipes. Desde março de 2020, quando o primeiro caso foi confirmado na cidade, a Prefeitura ampliou o sistema municipal de saúde com 93 novos leitos de UTI’s, exclusivos para pacientes anapolinos vítimas da Covid-19. O número é muito expressivo, se comparado a outros grandes municípios do Estado. Aparecida de Goiânia, por exemplo, que tem 200 mil habitantes a mais do que Anápolis, abriu durante a pandemia 140 novos leitos de UTI para atender a própria cidade e ainda municípios da região. No caso de Anápolis, a Secretaria Municipal de Saúde pode utilizar os 93 novos leitos apenas para moradores da cidade, pois os mesmos são custeados totalmente com recursos municipais.

O investimento somente para a criação dos novos leitos ultrapassa R$27 milhões. Em média, um leito de UTI custa ao município em torno de R$1.850,00 por dia. Para abrigar boa parte dessa estrutura, dois hospitais foram inaugurados durante a pandemia. O primeiro, Norma Pizzari Gonçalves, inaugurado ainda em março de 2020, conta hoje com 22 leitos de UTI. Já na semana passada, a Prefeitura inaugurou o Hospital Alfredo Abrahão, que abriga mais 20 leitos de UTI. Além das duas unidades, cinco UBS´s foram transformadas em Unidades de Referência para o Coronavírus, tornando-se portas de entrada para pacientes com sintomas da Covid-19.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here