CCJ aprova projeto que permite retorno das aulas presenciais

0
104

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara Municipal de Goiânia, aprovou, na manhã desta quarta-feira (07), por 7 votos a 1, o Projeto de Lei, de autoria do vereador Ronilson Reis (Podemos), que inclui os serviços de Educação como atividade essencial no município. O projeto, que segue para apreciação do plenário, torna possível o retorno das aulas presenciais, sendo facultativa aos pais, que poderão optar também pelas aulas remotas.

Hoje em Goiânia são 165 mil alunos, sendo 105 mil das escolas públicas e 60 mil da rede privada, ausentes do ambiente escolar. “Precisamos, com urgência, retomar o ensino público e privado. Os impactos no aprendizado já são irreversíveis”, considera o autor da proposta, que acompanhou de perto a votação na CCJ.

O vereador Ronilson argumenta que para a elaboração da proposta, houve consulta direta a autoridades de saúde, vigilância sanitária e de educação. E que o processo de retomada das aulas deverá ser orientado por um protocolo de segurança, em diálogo constante com as famílias dos alunos.

O vereador ainda considera importante a inclusão dos profissionais de educação no grupo prioritário da vacinação, mas que não se pode impedir que as instituições que possuam capacidade de implementar, corretamente, os protocolos de segurança, continuem fechadas. “São trabalhadores que precisam de seus rendimentos mensais para manter a vida”, acentua Ronilson. O projeto segue agora para apreciação no Plenário da Câmara, aonde passará por duas votações antes de ser encaminhado para o Poder Executivo. (Texto e foto da assessoria do vereador).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here