Reunião no Paço Municipal debate adequações das obras no Corredor T-7

0
170

O andamento das obras do Corredor Preferencial T-7 foi o tema de uma reunião no Paço Municipal, nesta quinta-feira (22), entre os secretários Fausto Sarmento (Seinfra), Arthur Bernardes de Miranda (Governo), Geraldo Lourenço (Finanças), Michel Afif Magul (Planejamento Urbano e Habitação), Aline Espírito Santo Ribeiro (Controladoria-Geral do Município), Domingos Sávio Afonso (CMTC) e representantes da empresa Jofege, Pavimentação e Construção Ltda.

“O objetivo da reunião é sanar as dificuldades encontradas para a agilidade dessa obra e entregar, no mais breve espaço de tempo, esse corredor, que cada vez mais é tão essencial para a população. Um dos problemas é sobre a tecnologia utilizada que já está ultrapassada, precisamos atualizar isso para entregar um ótimo serviço”, explicou o secretário de Infraestrutura Urbana, Fausto Sarmento.

O Corredor T-7 conta com 10,5 km de extensão, atravessa 11 bairros e garante mobilidade com a integração de ônibus na faixa exclusiva à direita da pista, bicicletas na ciclovia no canteiro central e carros na faixa normal da via. Em todo o trajeto, há calçadas com rampas de acesso a cadeirantes, piso tátil para o direcionamento seguro de pessoas com deficiência visual e 57 abrigos de ônibus, sendo 30 já instalados.

Além de modernos e mais confortáveis, os novos abrigos proporcionam mais segurança ao usuário do transporte público da capital. Os novos abrigos vão trazer informações sobre os trajetos de linhas, horários de viagens e localização, levando mais clareza e legibilidade, além de orientação de como utilizar o celular para ver o horário, em tempo real, de chegada do ônibus no ponto de parada.

O corredor contará com um sistema semafórico inteligente que vai proporcionar maior fluidez ao tráfego de veículos e locomoção de pessoas. Os dutos para a instalação de fibra óptica que farão a conexão do sistema de monitoramento e semáforos inteligentes já foram implantados. No local, os semáforos inteligentes irão detectar os veículos a 200 metros do semáforo, e quando o veículo passar pelo sensor, os dados serão enviados automaticamente para a controladora que monitora os intervalos que o semáforo deve operar.

“A minha determinação, desde o início do meu mandato, é entregar todas as obras iniciadas na gestão passada e essa é uma delas. O foco está no Corredor T-7 e vamos concluir rapidamente, garantindo um trânsito melhor em toda a cidade, com um transporte público funcionando com agilidade”, assegura o prefeito Rogério Cruz.

Atualmente, Goiânia conta com quatro corredores preferenciais: o Corredor 85, com demarcação de corredor e fiscalização por radar; o Corredor T-63, com demarcação para o ônibus, ciclovias e fiscalização; o Corredor Universitário, na Rua 10, com demarcação para ônibus, fiscalização, ciclovia e calçadas acessíveis e, em fase de conclusão, o Corredor T-7.

Dados

Trajeto: Rua Dona Gercina Borges Teixeira, no Centro, Avenidas Assis Chateaubriand, T-7, C-4, C-12, C-17, Araxá, Avenida Belo Horizonte, Terminal das Bandeiras, na Vila União.

Bairros impactados: Vila Alpes, Vila União, Vila Lucy, Jd. Ana Lúcia, St. Sudoeste, Jd. América, St. Bueno, St. Oeste, St. Sul, St. Central e Jd. Europa

População beneficiada: 182 mil

Linhas de ônibus: 13

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here