Agehab alerta para final do prazo de entrega da documentação pelos sorteados com apartamentos, em Aparecida de Goiânia

0
375

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), conclama os sorteados com apartamentos no Residencial Agenor Modesto, em Aparecida de Goiânia, a comparecerem imediatamente à sede da Agência para a entrega de documentos que comprovam as informações prestadas na inscrição. De acordo com a Agehab, até agora, 45 famílias apresentaram a documentação completa, de um total de 83 apartamentos da cota de seleção do Governo de Goiás no residencial, que tem 208 apartamentos. O prazo para comprovação documental termina nesta sexta-feira (30).

De acordo com o presidente da Agehab, Lucas Fernandes, sem a entrega dos documentos exigidos no edital, a pessoa perde o direito ao apartamento. “Nossa equipe está entrando em contato com cada um dos sorteados. Caso essa família não entregue a documentação, serão chamados os sorteados do cadastro reserva, e não é isso que queremos fazer. Estamos dando ampla oportunidade para que garantam esse direito”, afirma Lucas Fernandes.

Ele explica, ainda, que somente após a entrega da documentação completa será agendada a visita social no endereço atual da família. “Nossa equipe está atuando com todo critério para garantir a segurança durante a pandemia. Traga até nós o que você já tem para que seja iniciada a análise para cumprir esse prazo e receba as orientações sobre como obter o documento que por ventura esteja faltando”, insiste Lucas Fernandes, dirigindo-se diretamente aos sorteados.

Cada etapa de cumprimento do edital, a exemplo das visitas sociais, visa garantir a lisura e a transparência do processo, para que a família que venha receber esse apartamento seja uma que realmente precisa, conforme determinação do governador Ronaldo Caiado. As visitas às famílias começaram na sexta-feira passada (23).

O presidente da Agehab ressalta que o financiamento do apartamento tem condições facilitadas, que foram viabilizadas pela entrada do Governo de Goiás na parceria com o governo federal e o município para a construção do residencial. Foram investidos R$ 2,7 milhões pelo Estado no empreendimento, que custou R$ 18,8 milhões. As famílias vão pagar prestações que variam de R$ 80 a R$ 270, por uma moradia de 44 metros quadrados, perto de escola, hospital, escola técnica e linha de ônibus. A previsão de entrega do residencial é no final de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here