Goiás recebe 4º lote da Pfizer, com 19.890 imunizantes

0
251
Foto: André Saddi

 

O Governo de Goiás recebeu, na madrugada desta quinta-feira (27/05), o 26º lote de vacinas contra a Covid-19 encaminhadas pelo Ministério da Saúde. As 19.890 doses do imunizante produzidas pela Pfizer/BioNTech darão continuidade à vacinação de pessoas dentro dos grupos prioritários em Goiânia. A remessa chegou ao Aeroporto Internacional Santa Genoveva e seguiu para a Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), na capital.

Com os dois lotes de imunobiológicos recebidos nesta semana será possível avançar na imunização contra a Covid-19 no Estado, visto que todos serão destinados para aplicação da primeira dose, o que vai beneficiar mais de 200 mil goianos. “Nossa preocupação é avançarmos o máximo possível na vacinação”, destaca o titular da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Ismael Alexandrino.

Ele ainda alerta que a atitude da população é fundamental para evitar a disseminação do vírus. “O momento exige de nós, cidadãos, uma consciência em relação ao nosso comportamento, sobretudo no que tange às aglomerações e ao uso de máscara”, explica.

O secretário reforça, também, que a população deve manter todos os cuidados sanitários e o permanente estado de alerta. “A pandemia está aí e não temos, no curto prazo, perspectiva para nos comportamos como se estivesse tudo normal”, diz.

Com mais esse carregamento, o quarto de imunizantes produzidos pela Pfizer/BioNTech, Goiás se aproxima da marca de quase 3 milhões de imunobiológicos recebidos, com 2.861.170 de doses, sendo 1.351.530 da CoronaVac, 1.413.700 da AstraZeneca e, agora, 95.940 da Pfizer.

Segundo boletim da SES, já foram aplicadas 1.345.672 primeiras doses contra Covid-19 em todo o Estado. Já em relação à segunda dose, são 632.020 pessoas com o ciclo completo da imunização, em Goiás.

Cuidados

O momento é de atenção, já que o número de casos da covid-19 voltou a aumentar, assim como a procura em unidades de saúde. Consequentemente, a taxa de ocupação hospitalar também apresenta elevação. No último final de semana o Hospital de Campanha (HCamp) de Goiânia, registrou um salto na ocupação de leitos de 82% para 94%.

Segundo a SES-GO, o Re, indicador que mede a velocidade de contágio pelo coronavírus, cresceu no Estado. Conforme o último boletim epidemiológico da pasta, divulgado na tarde de quarta-feira (26/05), Goiás tem 601.463 casos de doença, com 16.830 óbitos confirmados. A taxa de letalidade está em 2,8%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here