35 anos de jornalismo

0
330

Em 7 de julho de 1986 chegou às bancas a primeira edição do Jornal da Segunda, idealizado pelo empresário Sebastião Barbosa e pelo jornalista José Carlos Rangel. Na capa, a manchete destacava o resultado das convenções que homologaram as candidaturas de Henrique Santillo e Darci Accorsi para a eleição de governador do Estado.

Trinta e cinco anos depois, o jornal se prepara para cobrir mais uma eleição estadual, com o mesmo espírito que motivou a criação do jornal a três décadas e meia atrás: produzir um jornal que não apenas informa, mas contribuiu para a compreensão dos fatos.

Durante cinco anos o semanário circulou nas segundas-feiras, abrindo a semana com análises dos principais acontecimentos do estado, seja na política, economia e esporte. Mas é a cobertura da Educação que faz do jornal o único em Goiás. Acreditando no poder de transformação da escola e do conhecimento, o Tribuna do Planalto, que sucedeu o Jornal da Segunda, dedica um caderno inteiro ao tema. Com os concursos de redação “Goiânia na Ponta do Lápis” e “Goiás na Ponta do Lápis”, o jornal uniu Goiás nesse propósito.

Ao longo dos últimos 35 anos o Tribuna do Planalto se consolidou no mercado do jornalismo goiano e seu nome é sinônimo de seriedade e credibilidade. As transformações que levaram muitos jornais impressos ao fechamento também trouxeram a crise às portas do Tribuna do Planalto, que vem se reinventando para continuar levando ao leitor goiano um conteúdo reconhecidamente de qualidade, seja pelo site, redes sociais e na edição semanal impressa.

Sob o comando de Sebastião Barbosa, a equipe de jornalistas do Tribuna do Planalto mantém o compromisso de todos os jornalistas que por aqui passaram: levar ao leitor goiano a melhor informação sobre os temas mais importantes do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here