Somente perícia técnica vai identificar a causa de acidente com reservatório

Polícia Técnico Científica, Defesa Civil e uma empresa terceirizada trarão laudos para identificar motivo que levou o problema na estrutura

0
246
Foto: Divulgação

Um dia após o incidente com o reservatório no Campo do Trajano, em Senador Canedo, peritos continuam trabalhando no local. Fotos, medições e análises estão sendo realizadas para identificar causas e também a extensão dos prejuízos causados. O trabalho foi acompanhado por técnicos da Prefeitura de Senador Canedo e da Sanesc, e teve também a presença do prefeito Fernando Pellozo.

O trabalho da Polícia Técnica tenta encontrar um motivo por qual o reservatório de um milhão de litros caiu sobre as residências. Está sendo observada toda a parte estrutural, junto aos documentos entregues pela Sanesc, projetos e laudos de vistorias. “No momento do acidente, tínhamos 600 mil litros de água, ou seja 60% da capacidade. Tínhamos laudo de perícia, que não havia constatação de nenhum problema com o reservatório, ” explica o presidente da Sanesc, Cainã Teodoro.

Também estiveram no local nesta sexta-feira, 9 de julho, a Defesa Civil. Estão sendo vistoriadas todas as casas e locais que sofreram danos com a queda da estrutura e da água represada. O laudo é necessário para reparação de danos.

“Seis casas sofreram danos, uma foi completamente demolida. Identificamos rachadura, numa casa foi arrancado o portão. Um engenheiro da Prefeitura está verificando se houve abalos nas estruturas das casas. A força da água, que causou os danos, o reservatório não caiu sobre as residências, apenas a tampa, que fez também estragos”, explica Adriano Barcelos, coordenador de Proteção e Defesa Civil de Senador Canedo.

Vistoria também se estenderá a outros reservatórios

Uma empresa contratada pela Sanesc também vai executar o trabalho de vistoria. O trabalho pericial também se estenderá a todos os reservatórios da cidade. A perícia do sistema é feita cotidianamente, porém será intensificada em todos os pontos da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here