Anel interno da Praça Cívica vai ficar 75 dias fechado

Com as obras do BRT Norte Sul avançando, novas rotas serão criadas e sentido das ruas  e avenidas alterado

0
219

Devido aos avanços das obras do BRT Norte Sul, a prefeitura de Goiânia apresentou na última quinta-feira, 15, o plano de mobilidade para o Centro da capital. O secretário municipal de Mobilidade (SMM), Horácio Mello, destacou mudanças que ocorrerão na região e a criação de novas rotas. De acordo com o prefeito Rogério Cruz, a partir do dia 24 de julho, durante 75 dias, o anel interno da Praça Cívica, no Centro de Goiânia, permanecerá interditado para a execução das obras.

Enquanto as obras estiverem sendo feitas, a pasta informou que um efetivo de 80 agentes da SMM se revezará entre os períodos matutino, vespertino, noturno e madrugada para orientar os condutores que passam pela região e garantir a segurança viária. Em 15 pontos semaforizados e oito não semaforizados os agentes estarão posicionados.

Segundo o secretário de Mobilidade, para a fechamento do anel viário, criação de novas rotas e inversão das ruas a pasta realizou pesquisas para não causar impactos nos usuários das vias. “O fechamento do anel interno da praça ocorre junto com a criação de novas rotas, novos caminhos e esse é o papel da Secretaria de Mobilidade: minimizar os impactos da obra com inversão de ruas, tudo a partir de pesquisas de origem e destino. Estamos investindo em tecnologia, uso de drones e parceria com o Waze sem ônus para o poder público”, detalha o titular da SMM.

 

Obras no centro

Serão construídos na Praça Cívica 1.240 metros lineares ou 15.500 m2 de pavimentação de corredor BRT e de vias para ônibus comum em pavimento de concreto, o que representa cerca de 3.500 m3 de concreto, que irão chegar ao local através de aproximadamente 500 caminhões carregados de concreto, explica a Seinfra.

No anel externo, a equipe trabalhará no período noturno e o recapeamento deve ser concluído até o dia 24 de julho. Em termos de pavimentação, para finalizar as obras do BRT faltam apenas os serviços na Praça Cívica e a conclusão dos terminais e Viaduto da Peri­metral, e das estações para a operação da linha.

Transporte coletivo também vai sofrer alterações

A Companhia Metro­poli­­tana de Transportes Coletivos (CMTC) informou que as linhas que passam pela Praça Cívica também serão alteradas para o anel externo, concentrando os abrigos em pontos estratégicos, sem prejuízo à rotina dos usuários. As mudanças já funcionaram a partir do dia 24 de julho.

Segundo explica o presidente da CMTC, Tarcísio Abreu, a estratégia foi montada após diálogo com usuários, ouvindo a população que usa o transporte público da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here