Coluna Política | Secretários são advertidos por atenderem a pedidos sem o conhecimento do prefeito Rogério Cruz

0
253

Secretário de Governo do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), Arthur Bernardes passou um sermão em todos que compõem o primeiro escalão da Prefeitura de Goiânia. O motivo: alguns deles estarem atendendo a solicitações feitas, na maioria por vereadores, diretamente a eles e sem que o prefeito soubesse ou participasse das tratativas. Segundo um auxiliar que participou do encontro a portas fechadas e com retenção dos celulares de todos que entravam na sala, os casos mais graves, e que mais irritaram o prefeito, vieram de vereadores que deixaram o mandato para ocupar cargos ou de ex-vereadores que integram a gestão do republicano. “Estavam achando que o prefeito ainda é vereador, que ainda está no mesmo patamar deles, e que ainda são colegas”. A ordem foi para que “tudo, tudo, tudo”, de agora em diante, passe antes pelo prefeito e seja ele o bem-feitor.

Titularidade

Dada aos servidores da educação a progressão, os sindicatos articulam para cobrar de Ronaldo Caiado (DEM) a volta da titularidade para os professores, proposta de campanha do governador.

Alego

O tema será levado para a Assembleia Legislativa, que retoma as sessões na terça-feira, 3 de agosto. A deputada Adriana Acorsi (PT) já apresentou, em abril, requerimento pela volta da titularidade, suspensa em 2015.

Data-base

Na Câmara de Goiânia, o vereador Mauro Rubem (PT) cobra do prefeito Rogério Cruz o envio da data-base dos servidores, prometida por ele para abril, quando foi à Casa prestar contas

Respinga

Derruba o discurso anticorrupção usado pelo deputado estadual Humberto Teófilo (PSL), quando se elegeu em 2018, a condenação de seu pai, o ex-vereador Amarildo Pereira, que passou a cumprir pena no regime semiaberto após ser condenado a 5 anos e 10 meses de prisão por peculato.

Fraudes no INSS

A Justiça condenou Amarildo por participar, entre 2001 e 2004, de fraudes no INSS, em desvios na Câmara Municipal de Goiânia e na então Companhia Municipal de Obras (Comob).

Sommelier

Teófilo, na sexta-feira, se recusou a tomar a CoronaVac, contra a Covid-19, e, por força do decreto da prefeitura de Goiânia, foi para o fim da fila das faixas etárias.

Renda Família

A Prefeitura de Goiânia incluiu os Microempreendedores Individuais (MEIs) e os beneficiários do Auxílio Emergencial Federal no Renda Família, por meio de decreto publicado no Diário Oficial do Município (Dom-e) na sexta-feira, 30.

R$ 300

Serão contempladas com o programa municipal aproximadamente 12 mil famílias com o vale compras de R$ 1,8 mil, dividido em seis parcelas mensais no valor de R$ 300. Até agora, 12.052 famílias recebem o benefício, em vigor desde o mês de março.

Escalonamento > Prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB) agradeceu aos comerciantes e empresários da cidade, a quem chamou de “nossos maiores aliados” pela possibilidade de reabertura. Segundo ele, durante o escalonamento regional mais de 98% do comércio aderiu ao modelo equilibrado de enfrentamento.

Anel Viário

O deputado federal José Mário Schreiner (DEM) defende parceria com a iniciativa privada para a conclusão do anel viário de Goiânia, obra que atualmente supera R$ 1 bilhão.

Tráfego

Ele cita que a obra impactará a mobilidade de pelo menos 21 municípios da região Metropolitana de Goiânia, “que sofrem diretamente os prejuízos da morosidade da decisão.”

Justiça

De volta à política goiana, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) passou a enfrentar na última semana o maior adversário à candidatura que ele busca a deputado federal: foi condenado, em julgamento do TRE, a oito anos de semiaberto, multa e suspensão dos direitos políticos enquanto durarem os efeitos da condenação.

Crimes

Está agora nas mãos do juiz Átila Naves Amaral, revisor do processo, que pediu vistas dos autos para analisar melhor a questão dos crimes de fraude processual e associação criminosa, e não descartou votar com o relator Luiz Eduardo de Sousa.

É o amor?

O cantor goiano Zezé di Camargo envergonha os goianos ao engrossar o coro dos que defendem o voto impresso. Nem os políticos mais bolsonaristas entraram sequer nas discussões, quanto mais na defesa.

Covid cara

O TCE-GO divulgou o relatório Gastos com a Covid-19, que mostra crescimento de R$ 182,5 milhões, no mês de julho, no montante empenhado pelo governo estadual para gastos relacionados à pandemia com recursos federais não vinculados — que podem ser aplicados em qualquer área.

Por quê?

Por outro lado, houve, em Goiás, redução de R$ 3,7 milhões com despesas federais vinculadas — que são as específicas para serem destinadas ao combate à Covid-19.

1 Projeto

Deputado federal, Zacharias Calil (DEM) defende que planos de saúde cubram tratamentos domiciliares com medicamentos de uso oral contra o câncer.

2 Vetado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou integralmente o PL alegando que a mudança causaria impacto financeiro no mercado de planos de saúde.

3 Só lucro

Zacharias rebateu apresentando os números da ANS de 2020: as operadoras tiveram lucro de 49,5%, ou seja, R$ 17,5 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here