Retomada presencial em Goiânia

0
225
Foto: Jackson Rodrigues/Arquivo

Por Fabiola Rodrigues

Em Goiânia, as aulas serão retomadas dia 16 de agosto em um modelo de revezamento, que prevê a ocupação de 50% das salas de aula. Os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), que antes funcionavam em período integral, vão atender em modelo híbrido e dividir as crianças entre os turnos matutino e vespertino. Já os estudantes do 1º ao 5º ano farão revezamento diário e os alunos do 6º ao 9º ano farão revezamento semanal.

A Prefeitura de Goiânia disponibilizou kits de higienização para todas as unidades, orientou sobre as marcações de distanciamento entre os educandos e destinou, de forma descentralizada, R$ 1.9 milhão para a aquisição de itens de proteção. Dentre os equipamentos adquiridos pelos gestores das instituições estão calçados, óculos de proteção, luvas térmicas e descartáveis, máscaras descartáveis PFF-1, aventais de PVC, toucas, tapetes sanitizantes, termômetros digitais e viseiras.

O município já anunciou que vai adotar a testagem ampliada de antígeno para Covid-19 para todos os servidores que atuam nas unidades de ensino. Até agora, a SME e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) já programaram as primeiras testagens para os dias 17, 19, 24, 26 e 31 de agosto.

Os exames serão realizados semanalmente nas Coordenadorias Regionais de Educação, unidades situadas nos seguintes bairros: Cidade Jardim, Setor Leste Universitário, Setor Sudoeste, Urias Magalhães e Nova Suíça. A medida vai ao encontro dos critérios preconizados pelos especialistas e órgãos internacionais para a retomada segura das aulas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here