Comitê lança brigada rural contra incêndios em Anápolis

Formado por representantes do Governo de Goiás e entidades de diferentes segmentos, o Grupo vai disseminar informações e fazer demonstração de prevenção e combate ao fogo

0
239

Anápolis sediará a próxima ação do Comitê de Prevenção e Combate a Focos de Incêndio na Zona Rural em Goiás. Formado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e outras pastas, além de entidades de diferentes segmentos (veja abaixo), o grupo lançou nesta quarta-feira (18) a Brigada Rural do município e divulgará informações sobre a ação integrada para enfrentar o fogo no período crítico de seca no Cerrado.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, entre janeiro e julho deste ano, Goiás registrou 3.458 ocorrências de incêndios florestais. Junho foi o mês com maior número de ocorrências no Estado (1.119), seguido por julho (956) e maio (818). São considerados incêndios florestais os episódios relacionados ao fogo descontrolado em vegetação e cultura agrícola. O período de alerta vermelho no Cerrado, na Amazônia e no Pantanal se estende até novembro.

União
“Estamos fazendo a nossa parte, somando esforços e tomando medidas efetivas para prevenir e combater as queimadas na nossa região”, afirma o titular da Seapa, Tiago Mendonça. Para ele, a união de forças é fundamental para preservar o meio ambiente e a produção. “Nunca houve uma ação com este nível de articulação e integração de todas as esferas, e isso abre a perspectiva de alcançarmos resultados expressivos”, destaca ele.

“A criação do Comitê proporcionou foco maior sobre a questão dos incêndios e isso aumenta a chance de sucesso”, reforça o superintendente de Engenharia Agrícola e Desenvolvimento Social da Seapa, José Ricardo Caixeta Ramos. Ele cita como exemplo a ação realizada no último dia 28 de julho, quando o Comitê promoveu o Dia D de Aceiros e Podas. A iniciativa teve participação dos sindicatos rurais, levando informações sobre medidas preventivas para 120 municípios goianos.

O Comitê de Prevenção e Combate a Focos de Incêndio na Zona Rural em Goiás teve sua criação aprovada no dia 9 de julho pela Câmara Temática de Estratégia, Competitividade e Políticas Públicas do Agronegócio do Estado de Goiás – O Agro é de Todos. O lançamento oficial foi feito no dia 20 de julho pelo governador Ronaldo Caiado.

Plano federal
Agora o projeto que reúne Governo de Goiás e mais 15 parceiros passa a fazer parte do Plano Estratégico Operacional de Atuação Integrada no Combate a Incêndios Florestais do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Lançado no dia 22 de julho, o plano federal busca unir esforços com governos estaduais, entidades e empresas para prevenir, reprimir e investigar casos relacionados a queimadas e outros crimes ambientais na Amazônia, Cerrado e Pantanal.

A chamada Operação Guardiões do Bioma prevê a participação de seis mil profissionais em ações de agosto a novembro, conforme a necessidade e demanda dos Estados, com maior atenção para Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Goiás. Eles vão apurar crimes, monitorar riscos, elaborar, revisar e validar planos, matrizes e protocolos integrados, avaliar resultados e propor medidas corretivas e preventivas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here