“Novo código tributário é um sonho para muitos goianienses”, afirma prefeito Rogério Cruz

Prefeito apontou a modernização, a justiça social e tributária como os principais pontos da nova lei que seguirá para a Câmara de Vereadores de Goiânia

0
180

Ao apresentar o Novo Código Tributário da Prefeitura de Goiânia, em coletiva de imprensa, na manhã desta quarta-feira (1º/9), no Paço Municipal, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, disse que a nova redação é um sonho para muitos goianienses e para quem é de fora e deseja morar ou investir em Goiânia porque promove justiça social”.

“Esse Código Tributário é completamente sem aumento de arrecadação. E aqui aproveito para agradecer todos os profissionais envolvidos, os da Prefeitura e de outras entidades, que, dialogaram e debateram diariamente todos os pontos do novo Código Tributário”, declarou o prefeito.

Cruz reforçou que o Código é moderno e destacou a justiça social e tributária que ele promove, sobretudo nesse momento difícil a população enfrenta em razão da pandemia de Covid-19.

“Nesse momento tão difícil que estamos vivendo, quero reforçar que este código é diferenciado, sem aumento de arrecadação. Sabemos que o anterior estava defasado, já estive vereador por dois mandatos na Câmara Municipal e a alteração justa sempre foi uma luta de todos naquela Casa”, comentou o prefeito.

Ele lembrou que o Código Tributário foi criado há 46 anos e que, hoje, Goiânia tem mais de 1,5 milhão de habitantes. “Então, precisava ser atualizado e, com certeza, trará grandes benefícios a toda a população de Goiânia, promovendo justiça social, tributária e modernização”, acrescentou o chefe do Executivo.

O secretário de Finanças, Geraldo Lourenço, frisou que a Prefeitura Municipal priorizou o desenvolvimento e a geração de emprego e renda. “Promover um código tributário mais justo para o cidadão é uma forma de ser fazer justiça social. Esta foi a diretriz do prefeito Rogério Cruz, que fez com que o trabalho, que contou com várias mãos, tivesse um viés social”, alegou.

Segundo Geraldo, diferente do que ocorria, “os mais ricos precisam pagar mais e os mais pobres, se não derem conta, deverão ser isentos”. “Portanto é uma revisão séria, que beneficia os vulneráveis. Não tenho dúvida de que será aprovado na Câmara de Vereadores”, comentou o titular da Secretaria de Finanças.

Presente à cerimônia, o vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Clécio Alves, disse que ficou surpreso com as mudanças.

“Me surpreendeu. São ações e alterações importantíssimas em todos os pontos de vista que observei, uma verdadeira justiça social. Digo que me realizo como vereador e não tenho dificuldades de votar favorável em todas as comissões por qual passar, além da votação em plenário”, afirmou Clécio.

O vereador também disse que a gestão do prefeito Rogério Cruz e o trabalho dos atuais parlamentares da Câmara de Vereadores deixarão uma forte marca para a população e ajuda aos menos favorecidos. “Mais um passo e avanço na gestão que surpreenderá a todos”, concluiu Clécio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here