Cerca de 30% dos acidentes de população com rede elétrica ocorrem na zona rural 

Principais ocorrências correspondem a máquinas agrícolas em contato com a fiação

0
194
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Levantamento feito pela Enel Distribuição Goiás aponta que aproximadamente 30% dos acidentes de população com rede elétrica registrados pela empresa em todo o ano de 2020 ocorreram na zona rural. Em 2021, esse percentual já corresponde a 10%. O trabalho com máquinas agrícolas de grande porte na zona rural, próximo da fiação, é o principal tipo de acidente no campo, e pode colocar em risco a segurança tanto da população como do trabalhador rural. Por isso, a distribuidora alerta sobre os cuidados necessários para executar as tarefas diárias com segurança e dá 10 dicas de como atuar nesses locais.

É essencial o planejamento das atividades diárias, para que a rotina seja produtiva e livre de acidentes, orienta o responsável de Segurança da Enel Distribuição Goiás, Fernando Generoso. “É importante estar atento às dimensões das máquinas usadas no plantio e nas colheitas. Os maquinários de grande porte podem encostar na rede elétrica e causar acidentes. É comum, ainda, que as próprias plantações ultrapassem os limites de segurança das faixas de servidão das redes de distribuição, o que também pode ocasionar acidente elétrico. Por isso, visitar as áreas onde os trabalhos serão realizados, observando os locais onde existe rede e dimensionando as máquinas para o cumprimento de determinado serviço, é um exercício importante para a prevenção de acidentes”, aconselha.

Outra importante medida de segurança na zona rural é respeitar as faixas de servidão, que servem para garantir a segurança tanto do sistema elétrico quanto dos clientes e trabalhadores rurais, que muitas vezes precisam operar máquinas de grande porte próximas aos equipamentos da rede elétrica. São faixas de terra sem vegetação, que fazem parte do terreno do produtor rural e acompanham o percurso da linha de transmissão ou distribuição de energia, seguindo as definições da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Generoso também destaca a importância de se fazer a separação e o aterramento das cercas. “No caso de um cabo cair sobre uma cerca, o aterramento escoará a energia elétrica pelo fio terra, não pelo arame da cerca, e agilizará a intervenção das proteções elétricas da rede, evitando acidentes.”

Outra orientação essencial é nunca fazer queimadas perto da rede de energia. O fogo danifica as estruturas e provoca o rompimento de cabos, interrompendo o fornecimento de energia para os clientes. “Como nesta época de seca é comum a ocorrência de queimadas em pastos, uma solução é fazer aceiros, que são faixas ao longo das cercas em que a vegetação é completamente eliminada do solo. Desse modo, o fogo não passa para a área de vegetação, evitando incêndios e protegendo cercas, postes, balancins e arames”, finaliza.

A seguir, 10 orientações importantes para a segurança no contato com a rede elétrica:  

1- Planejamento é fundamental para garantir a segurança de todos. Observar as dimensões do maquinário e da rede elétrica permitirá a distância segura para o trabalho.

2- Faixas de servidão são as faixas de terra sem vegetação que acompanham as linhas de energia. Não trabalhe nessas áreas e evite riscos.

3- Os estais são cabos de aço que prendem os postes ao chão. Esses cabos seguram os postes e não devem ser cortados nem mudados de lugar. Atenção ao desviar deles com o maquinário.

4- Caso o veículo encoste na rede elétrica, o motorista deve aguardar sem sair do veículo e entrar em contato, imediatamente, com a distribuidora de energia. Nessa ação, é necessário o desligamento da rede elétrica.

5- Nunca estacione máquinas nem opere caminhões basculantes/ caçambas debaixo da rede elétrica.

6- Não realize queimadas perto da rede de energia. Elas podem danificar as estruturas e provocar o rompimento de cabos, interrompendo o fornecimento de energia. Faça o aceiro e evite que a propagação de algum incêndio atinja a rede e coloque pessoas em risco.

7- Atenção com os equipamentos de irrigação, se os jatos de água atingirem a rede elétrica pode ocasionar curto-circuito e acidentes.

8- Não realize a poda de galhos que estejam próximos à rede elétrica, esse trabalho deve ser realizado pela distribuidora de energia. Se for necessário, entre em contato com a Enel pelos canais de atendimento.

9- Não se aproxime ou encoste em fios elétricos caídos no chão. Sinalize a área para outra pessoa não se aproximar e avise a distribuidora de energia.

10- Separe e aterre as cercas da propriedade. Isso vai escoar a energia elétrica para o solo e não pelo arame, caso algum cabo caia sobre a cerca.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here