Goiânia passa a aplicar terceira dose em trabalhadores da saúde após 6 meses da segunda dose

0
403
Foto: Divulgação

 

Desde a última quarta-feira (13/10), os trabalhadores da saúde de Goiânia que receberam a segunda dose (D2) da vacina contra a Covid-19 há mais de seis meses já podem receber a terceira dose (D3). Para este público estão disponíveis sete pontos de vacinação por agendamento, pelo aplicativo e site da Prefeitura, e por demanda espontânea, no shopping Passeio das Águas.

Já para os adolescentes, outro grupo que precisa de agendamento, são disponibilizados 13 locais para aplicação da primeira dose.

Os idosos com idade a partir de 60 anos, que receberam a segunda dose até o dia 15 de abril, e as pessoas com doenças imunossupressoras com 30 anos ou mais, que tomaram a D2 há 28 dias, podem se dirigir a um dos 22 pontos de vacinação para receber a D3, além do drive-thru do shopping Passeio das Águas, que também atende este público. Todos sem necessidade de agendamento.

Para a aplicação da primeira dose em maiores de 18 anos e D2 da vacina CoronaVac são disponibilizadas 48 salas de vacina de rotina, que funcionam por demanda espontânea. Antes eram 50 salas, mas duas passaram a atender trabalhadores da saúde e adolescentes.

A D2 da CoronaVac também segue sendo fornecida juntamente com os outros imunizantes AstraZeneca e Pfizer para pessoas com data marcada para o dia 15 de outubro e em atraso, sem agendamento, em 13 pontos de vacinação, incluindo o drive que atende especificamente com a vacina Pfizer.

O Centro Municipal de Vacinação (CMV) continua sendo referência em atendimento às gestantes e puérperas (com até 45 dias após o parto) para a primeira e segunda dose, além daquelas em atraso, por demanda espontânea.

Para mais detalhes sobre a vacinação e informações sobre locais de vacinação, acesse o site da Prefeitura de Goiânia na plataforma Imuniza Gyn.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here