Educação em Foco | Autocuidado Prevenção

0
270
Foto: Reprodução

Na quinta-feira, 14, os servidores da Secretaria Municipal de Educação de Aparecida de Goiânia (SME) participaram de uma palestra sobre medidas que podem prevenir o câncer de mama. Ministrada pelos alunos da turma de Estágio Supervisionado do curso de Fisioterapia da Unifan, o evento foi promovido como uma ação do Outubro Rosa, campanha realizada neste período do ano desde o começo da década de 1990 e que tem como objetivo sensibilizar as pessoas sobre os riscos da doença.

A palestra aos servidores focou na importância do autoexame como medida de prevenção. De acordo com Patrícia Lima, professora que acompanha os estudantes nas aulas de Estágio, o momento é importante e contribui para que as mulheres se apropriem de informações que poderão salvar suas vidas. “As mulheres são as mais atingidas pelo câncer de mama. Por isso, esse tipo de ação promove a conscientização delas, permitindo o diagnóstico precoce”, explicou.

Quem testemunhou sobre a importância do autoexame foi a servidora do Departamento de Saúde do Servidor da SME, a fisioterapeuta Norma Andrade. Em 2006, ela descobriu que tinha câncer de mama e, na sua avaliação, o diferencial para o sucesso no seu tratamento foi justamente a descoberta precoce, que aconteceu a partir do autoexame. “O câncer é uma doença que mexe com a estrutura de toda a família em todos os sentidos e não há dúvidas de que o quanto antes for diagnosticado, maiores são as chances de cura”, comentou a servidora que, apesar da eficácia do seu tratamento, continua em acompanhamento preventivo e também trata sequelas da doença.

O encerramento da palestra foi animado com os servidores participando das manobras de ginástica laboral, atividades que a equipe de estudantes já vem realizando na SME nas manhãs de terças e quintas-feiras.

Inep Pretende Avaliar mais de 6 milhões de alunos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prevê a aplicação dos testes e questionários do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2021 para mais de 6 milhões de alunos da educação básica. O quantitativo é uma estimativa com base na coleta de dados do Censo Escolar.

Este ano, o SAEB será aplicado nas instituições de ensino no período que vai de 8 a 10 de novembro. As datas serão de acordo com o agendamento e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19. Além disso, de 13 de outubro a 23 de dezembro serão aplicados questionários eletrônicos destinados a dirigentes municipais de Educação, diretores das escolas do ensino básico e professores da educação básica e professores da educação infantil. 

O Sistema de Avaliação da Educação Básica, em 2021, seguirá os moldes de 2019, cuja aplicação foi censitária nas escolas públicas para o quinto e o nono anos do ensino fundamental e para a terceira e a quarta séries do ensino médio. Já as escolas privadas serão avaliadas em caráter amostral, que contará, além do questionário, com testes de língua portuguesa e matemática.

Diferente das outras edições, o Saeb será também direcionado ao diagnóstico da educação infantil que será em formato amostral, através de questionários eletrônicos aplicados aos secretários municipais de Educação, diretores e professores dessa etapa educacional.

Queda na cobertura vacinal de crianças e adolescentes colocá população em risco

Fake news, grupos antivacinas e o medo de eventos adversos são algumas das possíveis causas apontadas pelo Ministério da Saúde para a queda no número de crianças e adolescentes imunizados contra diversas doenças nos últimos 5 anos. A baixa procura pelos imunizantes disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde do país preocupa porque pode fazer com que doenças já controladas ou erradicadas retornem. Para mudar esse cenário, o Ministério da Saúde realiza desde o dia 1º de outubro a Campanha Nacional de Multivacinação de 2021, cujo objetivo é a atualização das vacinas para crianças e jovens menores de 15 anos. 

Preocupada em ajudar o país a atingir as metas da cobertura vacinal dos imunizantes disponíveis pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI), a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) é uma das instituições que dão apoio à Campanha de Multivacinação do Ministério. Desde maio, a Interfarma realiza o Movimento Esquadrão da Vacina para reforçar a importância da vacinação na vida dos brasileiros a fim de evitar surtos de doenças.

2015 foi o último ano que o Brasil atingiu as metas de cobertura vacinal. De acordo com os últimos dados do Ministério da Saúde, o índice de cobertura vacinal vem caindo a cada ano. Entre 2015 e 2020, a queda na cobertura da vacina contra poliomielite foi de 22,9% e a da BCG, 30,4%. Entre 2019 e 2020, a variação foi de – 9,9% e -15,7% para poliomielite e BCG, respectivamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here