“É claro, que o presidente vai escolher pessoas de confiança, não só em Goiás, mas em todo Brasil”, afirma Major Vitor Hugo

0
454
Foto: Sérgio Lima

O deputado federal Major Vitor Hugo, líder do PSL na Câmara, disse em entrevista ao Tribuna do Planalto, que o partido em Goiás se antecipou em querer lançar um nome para as eleições de 2022. “Houve precipitação por parte do PL em Goiás, do Flávio Canedo e da Magda Mofatto, em decidir o apoio a uma candidatura sem ter estudado o jogo nacional, porque havia a possibilidade de o presidente ir para o PL e, é claro, que o presidente vai escolher pessoas de confiança, não só em Goiás, mas em todo Brasil”, disse. 

Na última terça-feira, 30, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a sua filiação ao Partido Liberal (PL), durante um evento em Brasília. Desde novembro de 2019, o político estava sem partido, após anunciar a intenção de criar uma nova legenda: a Aliança Brasil. A proposita nunca saiu do papel. 

Durante a entrevista o deputado, fez duras críticas a postura do governado Ronaldo Caiado (DEM). De acordo com ele, o democrata não tem sido um aliado do atual presidente. A conduta Bolsonaro durante a crise sanitária, em decorrência da pandemia do Coronavírus, foi um dos principais motivos para o distanciamento do Governo de Goiás à Bolsonaro.  

“Caiado fechou o comércio e pressionou para que os prefeitos também fizessem isso; atacou o presidente nos momentos mais críticos da pandemia, levando Mandetta ao Palácio das Esmeraldas; falou que as ordens do presidente não seriam seguidas; chamou o presidente de ignorante e, na entrevista ao Bial disse que o presidente governa tensionando”, frisa o deputado. Em um pronunciamento, feito em março de 2020, Caiado afirmou o rompimento com o presidente, segundo o emedebista “não tem mais diálogo com este homem. As coisas têm que ter um ponto final”. 

No decorrer da entrevista, o político também destacou a sua atuação política e a sua carreira no serviço público. 

“Eu tenho 21 anos de Exército Brasileiro, mais quatro anos na Câmara Federal como consultor legislativo concursado e mais três anos na política. Se somado, tenho 28 anos de serviço público. No tempo que fiquei no Exército estudei nas principais academias militares, que formam líderes para o Executivo”, destacou Major Vistor Hugo.    

A entrevista completa, estará disponível neste domingo, 05, em todas as plataformas do Tribuna do Planalto. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here