skip to Main Content

PC prende líder religioso por estupro e importunação sexual

Suspeito aproveitava da religião para submeter crianças e adolescentes à prática de atos não consentidos


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 28/05/2024 - 16:46

Dagmar violentava sexualmente jovens frequentadoras da igreja. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (28), um líder religioso suspeito de cometer diversos crimes de importunação sexual e estupro. Dagmar José Pereira, de 54 anos, é líder de uma instituição religioso e violentava sexualmente jovens frequentadoras da igreja. Após diligências investigativas, foi apurado que Dagmar José Pereira aproveitava sua condição de líder religioso e a confiança das famílias, assumindo a função de “orientar” e “acolher” os jovens da igreja, para submeter diversas crianças, adolescentes e jovens à prática de atos libidinosos não consentidos. Os atos são praticados há décadas contra vítimas entre 11 e 22 anos de idade.

Foram realizadas oitivas de diversas vítimas, as quais relataram múltiplos atos libidinosos praticados pelo investigado. As violências sexuais ocorreram em Senador Canedo e em Parauapebas, no Pará,  (onde Dagmar residiu entre os anos de 2007 e 2016, aproximadamente) contra vítimas crianças (entre 11 e 12 anos), adolescentes (entre 12 e 18 anos) e jovens adultas. O homem já foi indiciado anteriormente por estupro praticado contra menor de 14 anos, em Nerópolis.