skip to Main Content

Cacai Toledo diz que vai se apresentar à polícia

O advogado Pedro Paulo de Medeiros disse que já solicitou a revogação do mandado de prisão expedido contra o cliente


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 18/11/2023 - 07:53

Cacai nega ter envolvimento na morte do empresário Fábio Escobar, em junho de 2021

A defesa de Carlos César Savastano Toledo, mais conhecido como Cacai Toledo, informou que o ex-presidente do DEM de Anápolis vai se apresentar à polícia assim que voltar de uma viagem de negócios. Cacai nega ter envolvimento na morte do empresário Fábio Escobar, em junho de 2021. O advogado Pedro Paulo de Medeiros disse que já solicitou a revogação do mandado de prisão expedido contra o cliente.

Na última quinta-feira (16), a Justiça decretou a prisão preventiva de Cacai Toledo, alegando existirem indícios que o conectam com a morte de Escobar. Até a última atualização da reportagem, o mandado ainda constava como “pendente” no sistema do Banco Nacional de Monitoramento de Prisão (BNMP) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Confira a nota da defesa na íntegra:

Hoje tive acesso à investigação, que foi conduzida com base somente na ilação de um inimigo político. Após estudá-la, concluo que não há nenhum elemento concreto contra Carlos César Savastano Toledo. A sentença é absolutamente ilegal, pois não há nada que o ligue ao crime. Portanto, o pedido de prisão preventiva não é necessário e não se sustenta.

Pedro Paulo de Medeiros
Advogado de defesa