skip to Main Content

Goiás não registra casos de sarampo desde 2021

Brasil se aproxima da recuperação de sua certificação como 'país livre de sarampo' após dois anos sem casos locais


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 10/06/2024 - 11:37

Foto: Venilton Küchler/SESA

O Brasil não registra casos autóctones de sarampo há dois anos, e Goiás não registra casos desde 2020. Esse progresso aproxima o país de recuperar a certificação de ‘país livre de sarampo’, obtida em 2016 e perdida em 2018 devido a migração e queda na vacinação.

Em 2022, o Brasil teve apenas 41 casos, comparado aos 20.901 em 2019. O último caso foi no Amapá, em 5 de junho de 2022. Recentemente, a Comissão Regional de Monitoramento e Reverificação da Eliminação do Sarampo, Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita, junto com a Opas, visitou o Brasil para avançar na recertificação.

A OMS destacou um aumento alarmante de casos na Europa, com mais de 58 mil infecções em 41 países em 2023.

Eder Gatti, diretor do Programa Nacional de Imunizações (PNI), enfatiza a necessidade de coberturas vacinais de 95% para proteger a população contra casos importados. Em 2023, o microplanejamento recebeu R$151 milhões para ampliar o acesso à vacinação.

A vacina tríplice viral, parte do Calendário Nacional de Vacinação, teve um aumento de cobertura de 80,7% em 2022 para 87% em 2023, com dados ainda sendo atualizados.