skip to Main Content

Polícia apreende celular que seria arremessado em presídio

Caso aconteceu em Mineiros. Indivíduo que arremessou item fugiu sem ser identificado


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 11/02/2024 - 19:02

Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração do fato e aplicação das sanções disciplinares aos detentos destinatários dos materiais. Foto: DGPP

Servidores penitenciários lotados na Unidade Prisional Regional de Mineiros evitaram, na madrugada deste domingo (11), que detentos tivessem acesso a um celular e um chip de operadora. Os itens foram arremessados por cima do muro do presídio.

Segundo a 6ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Polícia Penal, a interceptação ocorreu no momento em que os servidores, por meio do videomonitoramento, avistou uma movimentação próxima a área de segurança do presídio.

De imediato, foram realizados os procedimentos operacionais padrão logrando êxito na interceptação. O indivíduo responsável pelo arremesso conseguiu fugir sem ser identificado.

Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração do fato e aplicação das sanções disciplinares aos detentos destinatários dos materiais, conforme determina a Lei de Execução Penal.