skip to Main Content

Após 17 anos, nova sede da Alego será entregue em março de 2022

Por Redação - 08/02/2022

A nova sede da Assembleia Legislativa será entregue no dia 3 de março de 2022. Foto: Divulgação

Da redação

A nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), batizada como Palácio Maguito Vilela, será entregue à população no dia 3 março de 2022, com a realização da primeira sessão ordinária do ano. O Palácio é um marco na história do Legislativo goiano ao trazer mais qualidade de atendimento, em um ambiente moderno, acessível e condizente com a realidade do estado de Goiás. Além disso, a finalização é uma conquista após 17 anos do início dos trabalhos.

A construção da nova sede, localizada no Park Lozandes, em Goiânia, começou em 2005 e foi paralisada por três vezes, a última delas em 2015, com a rescisão do contrato com a construtora anterior. Assim, a obra permaneceu paralisada por aproximadamente quatro anos. A construção foi retomada em 2019, na gestão de Lissauer Vieira (PSB), que se comprometeu com a garantia de que os recursos, anteriormente empregados, não seriam desperdiçados pela possibilidade de deterioração das estruturas, e também com a readequação do projeto, em relação às novas normas ambientais, de segurança e remodelação financeira, para viabilizar a conclusão.

Em fevereiro de 2019, a ordem de serviço para a retomada foi assinada, dando início a execução de novo contrato, desta vez com a Construtora JL. O montante investido é de R$ 125,6 milhões. Deste então, a obra seguiu em ritmo acelerado para a conclusão.

Nova estrutura

O Palácio Maguito Vilela tem área total construída de 44.528,71 metros quadrados e torna possível à população acompanhar, ainda mais de perto, as atividades desenvolvidas na Casa. O novo plenário, por exemplo, teve a galeria ampliada e, agora, passa a contar com capacidade para mais de 200 pessoas. A estrutura conta ainda com uma sala dedicada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), dois miniplenários, um auditório com capacidade para 600 pessoas, 11 salas de comissões temáticas, cinco salas de reuniões, além de 44 gabinetes para os deputados, seis gabinetes dedicados à Mesa Diretora, mais Escola do Legislativo, restaurante-escola, lanchonetes, área de atendimento de saúde, departamentos administrativos e presidência.

Outro diferencial da nova Casa é a disponibilidade de estacionamento. Uma das principais reclamações dos visitantes, em relação ao prédio anterior – Alfredo Nasser – era quanto à falta de vagas, principalmente para as comitivas do interior do estado. Questão que será solucionada pelas mais de mil vagas de estacionamentos oferecidas no Palácio Maguito Vilela.

O cuidado com a sustentabilidade também é uma referência: o prédio conta com sistema de captação de água gerada pelo sistema de ar-condicionado e da chuva; área permeável e 20 caixas de recarga; uso de ventilação e iluminação natural em áreas comuns, reduzindo consumo de energia; e estrutura para coleta seletiva e separação total de resíduos.

Cronograma

Embora as atividades no Palácio Maguito Vilela iniciem, oficialmente, em março, a partir do dia 25 de fevereiro será liberado o funcionamento dos gabinetes parlamentares, que já deram início à mudança para o novo prédio. No dia 3 de março, por sua vez, será realizada a primeira sessão ordinária, híbrida ou remota, deste ano. No dia 8, do mesmo mês, está prevista a realização de uma cerimônia de entrega oficial. As atividades administrativas presenciais, na nova sede, começam a ser retomadas gradativamente após esse período.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top