skip to Main Content

Central de Fiscalização da Covid-19 já autuou cerca de 50 estabelecimentos na capital

Por Redação - 31/01/2022

Foto: Divulgação

No segundo fim de semana de ações da Central de Fiscalização de Combate à Covid-19 na capital, auditores fiscais da Prefeitura de Goiânia autuaram cinco estabelecimentos por descumprimento ao Decreto Municipal que impõe restrições de funcionamento em virtude da pandemia do coronavírus. Outros seis estabelecimentos foram autuados por irregularidades quanto às permissões de funcionamento e quatro receberam determinação de fechamento imediato por parte da fiscalização municipal.

Durante as ações, os fiscais também encerraram uma festa clandestina realizada em espaço de eventos no Setor Granja Santos Dumont, na região sudoeste da capital. Mais de 500 pessoas foram identificadas no local no momento da abordagem, sendo que cerca de 150 delas eram menores de idade reconhecidos pelo Juizado da Infância e Juventude.

Desde que foram iniciados os trabalhos da Central de Fiscalização, há 10 dias, os auditores fiscais do município já autuaram 50 estabelecimentos por desrespeito ao Decreto Municipal e/ou por alguma irregularidade relativa ao funcionamento. Além disso, 19 veículos foram apreendidos, quatro festas clandestinas foram encerradas e nove estabelecimentos tiveram seu fechamento imediato determinado.

As ações da Central de Fiscalização, coordenadas pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), são realizadas em conjunto com a Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) e Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e contam com o apoio da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (GCM), do Juizado da Infância e Juventude e do Corpo de Bombeiros Militar.

A população pode encaminhar suas denúncias à Central por meio do aplicativo Prefeitura 24 Horas, disponível para download nas principais plataformas de aplicativos e também pelos telefones 153, da Guarda Civil Metropolitana, e 161 da Amma.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top