skip to Main Content

Força-tarefa visa adiantar conclusão das obras na GO-213

Governador vistoria avanço da duplicação e restauração da via, investimento de R$ 257 milhões, visando impulsionar o turismo regional


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 29/05/2024 - 09:20

Frentes de serviços atuam ao longo de 48 quilômetros, em trecho que tem relevância para o turismo. Foto:Júnior Guimarães
Frentes de serviços atuam ao longo de 48 quilômetros, em trecho que tem relevância para o turismo. Foto:Júnior Guimarães

As obras de duplicação e restauração da GO-213, entre Caldas Novas e Morrinhos, no Sul goiano, estão avançando com a antecipação do cronograma, impulsionadas pelo término do período chuvoso. A força-tarefa composta pelo Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), e o Exército Brasileiro, com o 2° Batalhão Ferroviário, está realizando diversas ações ao longo dos 48 quilômetros do empreendimento. O investimento total do Tesouro Estadual é de R$ 257,6 milhões.

O governador Ronaldo Caiado supervisionou o progresso das obras nesta terça-feira (28/05) e projetou a conclusão do projeto até o final de 2025, proporcionando uma via segura que conectará toda a região das águas quentes. A qualidade do asfalto utilizado na rodovia foi destacada, com a aplicação de 10 centímetros de concreto betuminoso a quente (CBUQ), garantindo durabilidade e segurança aos motoristas.

O presidente da Goinfra, Santos Filho, destacou a antecipação dos trabalhos de restauração da via, originalmente programados para o segundo semestre, agora iniciados. A parceria com o Exército Brasileiro tem sido fundamental para a execução eficiente do projeto, que também inclui medidas para minimizar os impactos ambientais na região.

O vice-governador Daniel Vilela ressaltou a importância econômica da obra para a região, enquanto o prefeito de Caldas Novas, Kleber Marra, enfatizou os benefícios para o turismo e a economia local. A equipe multidisciplinar envolvida na supressão de vegetação trabalha para preservar a biodiversidade da região, garantindo o bem-estar da fauna e mitigando os impactos ambientais..

A conclusão antecipada dessas obras não apenas melhorará a infraestrutura viária da região, mas também impulsionará o turismo e o desenvolvimento econômico local, beneficiando tanto os residentes quanto os visitantes da área.