skip to Main Content

iFood registrou 2600 pedidos por minuto no Dia dos Namorados

Empresa tem aumento de 18% nos pedidos em comparação ao Dia dos Namorados de 2023


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 15/06/2024 - 08:00

A culinária com maior crescimento, na comparação com outras quartas do ano, foi a japonesa, com um aumento de 47%, seguida pela pizza, que teve 41% a mais de pedidos

O iFood, empresa brasileira de tecnologia, registrou uma média de 2600 pedidos por minuto no Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho, totalizando 3,8 milhões de pedidos realizados na plataforma. Esse dado representa um aumento significativo de 18% em comparação ao Dia dos Namorados de 2023, evidenciando um crescimento no consumo dos brasileiros que desejam celebrar momentos especiais com a conveniência e praticidade do delivery. Outra curiosidade é o aumento de 1 milhão de pedidos a mais do que na quarta-feira anterior, 5, considerado um dia comum da semana.

“A gente esperava um aumento de pedidos no Dia dos Namorados e montamos uma operação especial para garantir um excelente nível de serviço para clientes, entregadores e restaurantes”, afirma Arnaldo Bertolaccini, vice-presidente de Restaurantes do iFood.

O levantamento do iFood mostra ainda que a culinária com maior crescimento, na comparação com outras quartas do ano, foi a japonesa, com um aumento de 47%, seguida pela pizza, que teve 41% a mais de pedidos. Bolos, tortas e doces também tiveram um crescimento de 30%.

No ranking de comidas mais pedidas, o hambúrguer continuou na liderança. Na segunda posição foram os pratos com carne; na terceira, comida japonesa; na quarta, sobremesas; e, na quinta, sanduíches, o que reflete a diversidade de gostos e preferências dos usuários do iFood.

“O Dia dos Namorados deste ano veio corroborar a crescente procura pelo delivery, inclusive nas datas de celebração. O aumento de 18% nos pedidos do iFood em relação ao ano passado reflete uma tendência de que as pessoas estão optando pela comodidade e praticidade. É importante destacar que o aumento da demanda ajuda a alavancar as vendas de pequenos e médios restaurantes, que hoje compõem 75% da base de estabelecimentos cadastrados no aplicativo, ajudando a impactar positivamente o ecossistema gastronômico”, diz Bertolaccini.