skip to Main Content

Mecaniza Campo garante a municípios auxílio aos produtores rurais

741 Máquinas entregues desde 2019 pelo governo estadual contemplam 241 prefeituras. Investimentos são de R$ 172milhões para o setor, que deve alcançar produção estimada em R$ 108 bilhões em 2022

Por Redação Tribuna do Planalto - 28/04/2022

Da Redação

Desde 2019, o Governo de Goiás destinou 741 máquinas e implementos aos municípios goianos por meio do programa Mecaniza Campo. Com a última entrega, realizada na segunda-feira, no valor de R$ 19,4 milhões, o montante distribuído por essa iniciativa soma R$ 172,8 milhões nos últimos três anos. Os itens — tratores, caminhões basculantes, caminhões pipa, pás carregadeiras, retroescavadeiras, motoniveladoras e plainas— foram cedidos a 241 municípios goianos. 

O maquinário, que beneficia diretamente os produtores rurais a fim de impulsionar o agronegócio, foi entregue pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), e adquirido com recursos da Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste (Sudeco), órgão do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), indicados pela bancada federal goiana (legislaturas 2015-2018 e 2019-2022). O objetivo é melhorar a infraestrutura dos municípios, com a recuperação da malha viária, especialmente em estradas vicinais.  

Na última entrega, foram 66 máquinas do programa Mecaniza Campo, com investimentos de R$ 19,4 milhões. Foram entregues 56 retroescavadeiras e 10 motoniveladoras. A Seapa executa a compra dos equipamentos, que em seguida são repassados às prefeituras mediante a assinatura de termo de cessão de uso. Os equipamentos foram entregues para 60 municípios goianos. 

AGRO EM NÚMEROS  

No primeiro trimestre deste ano, o agronegócio goiano comercializou 3,7 milhões de toneladas de produtos com outros países e faturou US$ 2,4 bilhões, em valor FOB — livre de custos de frete e seguro. No mês de março, foi exportado 1,9 milhão de tonelada de produtos e o faturamento chegou a US$ 1,2 bilhão em valor FOB. 

O setor concentra atividades produtivas que foram recordistas em exportações no último mês, com registro de 84,5% das vendas externas do Estado. Com indicativo de 3,7% de crescimento, a produção agropecuária goiana deve alcançar R$ 108,8 bilhões em 2022.  

O governo estadual auxilia os produtores rurais para manter o desenvolvimento do setor com interface em políticas agrícolas, tributação, suporte técnico, infraestrutura, entre outros. Entre as medidas de impacto na área estão as diretrizes para distribuição do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), que passa contemplar todas as regiões do Estado. Já estão aprovados R$ 192,3 milhões para atender 15 empresários e 97 produtores rurais. 

SEGURANÇA JURÍDICA  

Durante reunião com representantes do agronegócio no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, o governador Ronaldo Caiado destacou ações de governo que refletiram positivamente no setor, como a reestruturação de rodovias, que melhora o escoamento de produção; e o fortalecimento da segurança no campo, por meio da Patrulha Rural. “Hoje não se vê nenhuma fazenda invadida em Goiás. Você vê segurança jurídica estampada, um estado que não meteu a mão no bolso do produtor rural”, disse.  

No evento, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira, ressaltou que, diferentemente de outros estados, Goiás não taxou o setor agropecuário. “Temos um governador comprometido com o setor produtivo”, disse, durante o encontro que reuniu presidentes de sindicatos rurais, associações e produtores rurais. 

Back To Top