skip to Main Content

Meteorologia prevê temperaturas abaixo do esperado para maio

Massa de ar polar, que coincidiu com a passagem de ciclone extratropical no Sul do país, deve trazer mais umidade, com ventos fortes e temperaturas baixas para os próximos dias

Por Redação Tribuna do Planalto - 20/05/2022

Da redação

O Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (CimehGO), ligado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), prevê a ocorrência de temperaturas abaixo do esperado para o mês de maio, em todas as regiões do Estado. Nesta sexta-feira, 20, a mínima em Goiânia deve chegar a 5ºC, segunda menor temperatura registrada desde 1994, quando uma frente fria fez com que os goianienses sentissem um frio de 2,6ºC.

Até mesmo cidades em que o clima tradicionalmente é mais quente, como no caso de Porangatu, no Norte do Estado, as quedas estão sendo mais acentuadas. Até o fim de semana, o município pode registrar temperatura mínima em torno de 13ºC.

Titular da Semad, a secretária Andréa Vulcanis ressalta a importância dos prognósticos elaborados com antecedência de até 15 dias pelo CimehGO. Por meio dos boletins informativos é possível antever desastres e traçar estratégias e políticas de governo no sentido de mitigar os danos causados por fenômenos naturais. É o caso, por exemplo, da parte centro-sul do Estado, onde temperaturas abaixo de 5ºC favorecem a formação de geadas e, com isso, ocasionar danos às lavouras.

Na semana passada, após o alerta de baixas temperaturas feito pelo CimehGO, uma reunião de alinhamento de ações foi realizada para que medidas emergenciais fossem adotadas pelas defesas civis do Estado e dos municípios, Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO), Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), prefeituras e demais órgãos da Administração Pública. “Isso mostra a proatividade do Governo de Goiás para que as consequências desse frio intenso sejam mitigadas”, enfatiza Andréa Vulcanis.

Previsões
Segundo o gerente do CimehGO, André Amorim, a massa de ar polar, que coincidiu com a passagem de um ciclone extratropical no Sul do país, deve trazer mais umidade, com ventos fortes e temperaturas baixas para os próximos dias. As menores temperaturas serão registradas nesta quinta-feira, mas o frio intenso deve continuar até domingo. A partir da próxima segunda-feira, 23, as temperaturas voltam a subir ao longo do dia, mas as manhãs seguem geladas.

Back To Top