skip to Main Content

Ministros se reúnem com governadores da Amazônia em Belém

Por Redação - 02/09/2019

(Imagem: Terça Livre/Reprodução)

Ocorre hoje (2), a viagem da comitiva ministerial que segue para Belém, e na terça-feira (3) o grupo segue para Manaus, onde participa de uma segunda reunião. Reunindo os governadores da Região Amazônica, o chefe da Casa Civil, os titulares do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), da Secretaria-Geral da Presidência, Secretaria de Governo, dos ministérios da Defesa, Agricultura, do Meio Ambiente, da Mulher, Família e dos Direitos Humanos e de Minas e Energia, Ibama, Funai e Incra. Para discutir sobre a crise ambiental com os estados medidas de combate às queimadas, preservação da Floresta Amazônia e desenvolvimento econômico.

Inicialmente, a previsão era de que nove titulares de pastas do governo Bolsonaro participassem do encontro hoje, mas apenas cinco desembarcaram na capital do Pará. A Casa Civil da Presidência da República informou que os outros ministros não foram por “questão de agenda”, mas enviaram seus secretários-executivos.

Na última terça-feira (27), os governadores dos estados que compõem a Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) entregaram ao presidente Jair Bolsonaro propostas para um planejamento estratégico que leve ao desenvolvimento sustentável da região, entre as quais a regularização fundiária e a retomada da cooperação internacional, especialmente o Fundo Amazônia. Bolsonaro reuniu os chefes de Executivo estaduais, no Palácio do Planalto, para discutir as ações de combate às queimadas na região.

Em nota, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que coordenará a comitiva, destacou a importância do diálogo com as autoridades locais na busca de soluções para a região. “O presidente, depois de receber aqui no Planalto os governadores da Amazônia Legal, determinou que fôssemos até lá para ouvir as demandas e, juntos, buscar soluções para as questões que envolvem a região, levando em conta a especificidade de cada Estado”. Onyx afirmou que, além da preservação da Floresta Amazônica, o governo quer também estimular o desenvolvimento econômico da região. “Queremos equilibrar preservação com produção”.

Estão na comitiva os ministros: Onyx Lorenzoni (Casa Civil); Ricardo Salles (Meio Ambiente); Fernando Azevedo (Defesa); Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento); Jorge Oliveira (Secretaria Geral da Presidência da República). Os governadores: Helder Barbalho (Pará); Mauro Carlesse, (Tocantins); Mauro Mendes (Mato Grosso); Waldez Góes (Amapá e presidente do consórcio interestadual da Amazônia Legal); Carlos Brandão (vice do Maranhão).

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top