skip to Main Content

Rogério Cruz anuncia afastamento de Denes Pereira do comando da Seinfra

Ele estava no cargo há quase dois anos


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 05/06/2024 - 12:30

Denes Pereira, ex-secretário de Infraestrutura de Goiânia

Em um pronunciamento que durou pouco mais de três minutos, no Paço Municipal, o prefeito Rogério Cruz (Solidariedade), anunciou o afastamento do secretário de Infraestrutura, Denes Pereira do cargo. À frente da Seinfra, o agora ex-titular foi alvo de duas operações policiais. A última, realizada na manhã desta quarta-feira (5), coloca a pasta no centro de um suposto esquema de corrupção e lavagem de dinheiro.

“Hoje pela manhã acompanhando todo o processo através da imprensa chegaram as informações do ocorrido. Logo em seguida, convoquei o secretário Denes para uma conversa e muito sobre o assunto. Como era um fato ocorrido anteriormente, foi decidido a pedido dele o afastamento para que ele mesmo pudesse acompanhar junto às autoridades que estão investigando o assunto. Os nomes citados vão ser afastados”, destacou Rogério Cruz. 

Ele pontuou que a operação mira suspeitas num contrato envolvendo supostas irregularidades num contrato relacionado à iluminação pública. Entretanto, não há risco de interrupção dos serviços. “Quero lembrar a população de um modo geral, que esse processo, não dará direito a impedir o andamento de qualquer serviço de iluminação. Temos um novo processo de licitação de iluminação que está em fase final de contratação. Essas duas empresas que ganharam esse processo não tem relação com o inquérito investigado”, destacou.

Rogério explicou que não há o que se falar em problemas com relação a obras de asfaltamento. “Muitas pessoas citaram o asfalto. Não tem nada a ver questão de asfalto. É um processo de licitação no que diz respeito à iluminação pública. O processo da nova licitação não afetará os serviços em Goiânia”, pontuou encerrando o pronunciamento, não aberto à perguntas.

Goiânia: PC apura irregularidades e suspeita de corrupção na Seinfra

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (DECCOR), deflagrou nesta quarta-feira (5) a Operação Transata, visando desarticular um esquema de fraude em licitações, corrupção e lavagem de dinheiro na Prefeitura de Goiânia. 

A operação cumpre 19 mandados de busca e apreensão em diversos locais, incluindo a sede da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra) , empresas e residências de investigados. Entre os alvos, estão servidores públicos municipais, sócios e funcionários de empresas suspeitas de envolvimento no esquema.

A Seinfra é chefiada por Denes Pereira (Solidariedade), um dos principais aliados políticos de Rogério Cruz.

A Justiça também determinou o afastamento do sigilo bancário e fiscal de todos os investigados, além da suspensão de sete contratos firmados entre a Prefeitura e as empresas sob suspeita.

Os crimes investigados incluem fraude em licitações e contratos, corrupção ativa e passiva, constituição de organização criminosa e lavagem de dinheiro. A PCGO não divulgou detalhes sobre os valores envolvidos no esquema, mas a expectativa é que a operação tenha desdobramentos nos próximos dias.