skip to Main Content

Editorial | Natal chegando e aí?

Por Redação - 16/12/2019

2019 foi um ano bem estranho. O povo clamava por mudanças, vivia a expectativa de dias melhores no ano passado e agora? O ano foi marcado por mudanças para pior para o trabalhador. A reforma da Previdência modificou a forma e o tempo de serviço e de contribuição para a maioria dos brasileiros. Privilégios ficaram garantidos apenas para militares e políticos. A massa trabalhadora vai ter de trabalhar mais, com menos direitos, para ganhar menos.

As cidades do país, a maioria que elegeu Bolsonaro, devem diminuir. É que o governo federal pretende acabar com municípios pequenos que não tenham como se sustentar. Os investimentos em saúde, educação, habitação, transporte, segurança podem ser reduzidos ainda mais para aumentar o fundo partidário, afinal, 2020 é ano eleitoral e é preciso dinheiro para bancar campanhas.

Enquanto isso, em Goiás, a luta é para se reverter a privatização da Celg. Audiências públicas em todo o Estado mostram o descontentamento da população, de empresários, da indústria e do setor agropecuário com a Enel. O projeto já foi aprovado em primeira votação na Assembleia Legislativa e esta semana deve ser votada em caráter definitivo.

Depois de contrair empréstimo de R$ 850 milhões junto à Caixa Econômica Federal, a Prefeitura de Goiânia transformou Goiânia em um grande canteiro de obras e o que se espera para 2020 é uma maior mobilidade no município de Goiânia. O BRT é uma boa promessa neste sentido. Confraternizações de final de ano, balanço do que foi feito e planejamento do que virá. A pauta desta semana será longa. Que seja boa!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top