skip to Main Content

Distribuidora incentiva troca de materiais recicláveis por descontos na conta de energia

Projeto da distribuidora gerou mais de R$ 370 mil em descontos em todo ano passado no estado


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 15/05/2024 - 15:15

Já foram preservadas mais de 11.762,54 mil árvores nos últimos 12 meses, que poderiam ter sido cortadas para confecção de papel. Foto: Equatorial

No  Dia Mundial da Reciclagem (17), a Equatorial incentiva os clientes a trocar materiais que iriam para o lixo, como alumínio, vidro e papelão, por descontos na conta de luz. Com mais de 2.556 mil coletas feitas desde que iniciou a sua concessão no estado, há pouco mais de um ano, a distribuidora garantiu R$ 375.170,70 em descontos na fatura dos clientes que participam ativamente do projeto e 13 instituições parceiras da iniciativa.

De janeiro do ano passado até março deste ano, foram recolhidos pelo Programa E+ Reciclagem 1.366.670,21 quilos de resíduos recicláveis, correspondendo a uma economia de 6.406.261,60 kWh na fabricação e processamento dos materiais. Essa quantidade de energia economizada seria suficiente para suprir a demanda por energia elétrica de mais de 40 mil casas na capital por um mês.

Essa é uma maneira simples e eficaz de economizar todos os meses. Ao doar materiais recicláveis limpos e separados para os postos de coleta, os clientes podem conseguir descontos em suas faturas de energia. “Este é um passo importante não apenas para economizar dinheiro, mas também para contribuir com a preservação do meio ambiente”, afirma o engenheiro de Distribuição da Equatorial Goiás, Adriano Faria.

O Programa E+ Reciclagem é uma ação que reafirma o comprometimento da distribuidora com o Dia Mundial da Reciclagem, celebrado nesta sexta-feira (17). Uma data que levanta a importância de adotar práticas ecologicamente responsáveis. “Ao ressignificar materiais recicláveis, como papel, plástico e metal, não apenas estamos reduzindo o desperdício, mas também economizando energia elétrica necessária para produzir novos produtos a partir de matéria-prima virgem”, reforça Adriano.

Na prática, o esforço dos clientes e da companhia já preservou mais de 11.762,54 mil árvores nos últimos 12 meses, que poderiam ter sido cortadas para confecção de papel. Essa contribuição diminui a pegada de carbono em Goiás, uma metodologia criada por órgãos ambientais para medir as emissões de gases estufa, desse modo, a distribuidora contribui para um futuro mais sustentável. O programa da Equatorial destaca ainda o papel fundamental da reciclagem na conservação de recursos naturais e na promoção de um futuro mais sustentável.

Confira a relação de resíduos aceitos no programa:

– Papel: livros, revistas, jornais, papelão, entre outros;

– Plástico: PET, plástico duro, PVC, entre outros;

– Metal: alumínio, ferro, bronze, entre outros;

– Vidro: potes de vidro com tampas plásticas;

– Óleo de cozinha

Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro. A tabela de preço pode ser consultada presencialmente no ponto ou pelo aplicativo E+ Reciclagem. Caso o valor do desconto seja maior do que o total da conta, o excedente é automaticamente creditado na fatura seguinte.

Os clientes também podem optar por repassar o bônus para outra unidade consumidora cadastrada em seu CPF ou CNPJ ou ainda doá-lo para uma entidade beneficente sem fins lucrativos, mediante apresentação do número da conta contrato da instituição. Além disso, cada cliente pode consultar seus bônus através do aplicativo E+ Reciclagem, disponível nas plataformas Android e iOS.

Pontos de coleta

Ao todo são 12 pontos de coleta espalhados em todos o Estado. Vale ressaltar que os locais não recebem resíduos orgânicos, com exceção do óleo de cozinha. Em Goiânia é possível fazer a troca em cinco postos:

· Arquidiocese Santuário Basílica Sagrada Família
Rua C-14, n° 155, Vila Canaã;
De segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.

· Sede da Equatorial Goiás
Rua 2, Quadra A37, 505 – Jardim Goiás;
De segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.

· Assaí da Perimetral
Avenida Perimetral Norte, n° 2609, Setor Vila João Braz
De segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.

·Posto de Coleta Jardim Guanabara

Rua Ubá, n° 61, Jardim Guanabara
De segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.

· Itinerante El Shaday
Avenida Ville, 2210 – Qd 27 Lt 07 – Res. Center Ville
De segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.

Os outros pontos estão localizados nas cidades de Aparecida de Goiânia, Jandaia, Burinópolis, Indiara, Cachoeira Dourada, Trindade e Itumbiara. Com os horários de funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h:

·Posto de Coleta Jandaía

Avenida Doná Gercina Borges, 192, Centro, Jandaia.

· Reciclar Buritinópolis
GHV9+J6 Buritinópolis.

·Posto de Coleta Indiara
Rua Goiás, Q 11, L 09 – Nova, Indiara.

· Posto de Coleta Cachoeira Dourada
Avenida Itumbiara, Setor Noroeste, Cachoeira Dourada.

· Posto Itinerante Renove Gestão Aparecida de Goiânia
Avenida W-7, Setor Vale do Sol, Aparecida de Goiânia.

·Posto RR Trindade
Rua São Francisco, n° 743, Qd. 6, Lt. 12/13, Núcleo Anhanguera, Trindade.

·Estação Reciclar Itumbiara
Rua Rita D. Borges, 2, Setor Dona Marolina, Itumbiara.

A iniciativa também promove ações de conscientização sobre a preservação ambiental e a importância da coleta seletiva. “Nosso compromisso está em incentivar e conscientizar os clientes sobre a correta disposição desses materiais recicláveis, práticas fundamentais para o meio ambiente e que também resultam em economia na conta de energia”, reforça o engenheiro.

Destinação

A distribuidora coleta os resíduos e encaminha para as fábricas de reciclagem. “Os resíduos são recolhidos nas empresas geradoras e nos postos de coleta, são enviados e armazenados em galpões de reciclagem. Posteriormente, esses resíduos são enviados a fábricas e ou indústrias de reciclagem e são transformados em novos produtos, cada um de acordo com sua categoria”, explica Adriano.