skip to Main Content

Secult leva exposição sobre as Cavalhadas para Pecuária de Goiânia

Mostra reúne trabalhos em cerâmica e esculturas botânicas produzidos pelos artistas Valmir Neves e Viníciu Fagundes


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 17/05/2024 - 15:15

A mostra traz personagens das Cavalhadas feitos em cerâmica e esculturas botânicas de frutos secos do Cerrado. Foto: Secult

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) abre, nesta sexta-feira (17/05), exposição sobre as Cavalhadas na Pecuária de Goiânia.  A mostra, idealizada pelo Instituto de Desenvolvimento Humano, Empreendedorismo, Inovação e Assistência Social (Idheias) para circular nos municípios que realizam Cavalhadas, reúne obras em escultura de Valmir Neves e Viníciu Fagundes, e fica em cartaz no espaço até o dia 26 de maio.

A coletiva estará exposta no stand instalado no Parque Agropecuário. A mostra traz personagens das Cavalhadas feitos em cerâmica e esculturas botânicas de frutos secos do Cerrado, que revelam as singularidades das encenações dos 13 municípios participantes do Circuito das Cavalhadas de 2023. Em 2024, 15 cidades realizarão os folguedos, com investimento de R$ 4 milhões em recursos do Estado.

Valmir Neves, criador das esculturas,  ficou feliz em participar do projeto, que ele considera bem desafiador por nunca ter feito personagens desse tamanho antes. “Foi uma experiência que me deixou bem orgulhoso de estar  inserindo a arte popular nas manifestações culturais de Goiás, e ver que essas obras vão circular pelo interior do Estado e ser vista pelo público é muito gratificante”, comenta. Para o processo criativo o artista utiliza argila e técnica de modelagem, que depois são passados pelo forno a lenha, para as peças se transformarem em cerâmica, e daí recebem a parte de pintura.

Viniciu Fagundes, engenheiro ambiental e artista goiano, retrata a cultura das Cavalhadas e o Cerrado, bioma que ele tem como referência na sua arte. “A base do meu trabalho são elementos naturais do Cerrado, coletados no Estado inteiro, principalmente na região de Pirenópolis, como espécies, frutos secos de árvores, que passam por um processo de tratamento até elas chegarem no ponto de serem utilizadas como matéria-prima”, detalha.

Para a secretária da Cultura, Yara Nunes, a Pecuária é um espaço popular e centralizado, e levar a exposição para o local dá a oportunidade para as pessoas da capital conhecerem sobre uma das mais tradicionais festividades do Estado que são realizadas no interior. “A pecuária é o lugar que atrai o público não só da capital, mas de várias cidades do interior, e é um espaço importante para que todos conheçam o que são as Cavalhadas, e desperte a curiosidade sobre nossas tradições”, explicou.

Serviço:

Exposição Circuito das Cavalhadas na Pecuária de Goiânia

Visitação: 17 a 26/05, das 9h às 18h

Local: Parque de Exposições da Pecuária