skip to Main Content

Condel aprova mais de R$ 11,1 bi para investimentos no Centro-Oeste

Recursos serão distribuídos para os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do sul e o Distrito Federal, igualmente para os setores empresarial e rural


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 08/12/2023 - 10:32

Participantes do encontro do Condel, que definiu repasses de recursos para o Centro-Oeste (Divulgação)

Foi realizada na quarta-feira, 6, na sede do Banco do Brasil, em Brasília, a 19ª reunião ordinária do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel), em que foi aprovado repasses de mais de R$ 11,1 bilhões para o Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO).

A reunião, que aconteceu de forma híbrida, contou a presença da superintendente, Rose Modesto, e equipe técnica da autarquia; do ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes; do governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado; do vice-governador de Mato Grosso do Sul, José Carlos Barbosa; da Coordenadora-Geral de Definição de Áreas Estratégicas do Ministério do Turismo, Ana Carla Fernandes; do vice-presidente de negócios, governo e sustentabilidade empresarial do Banco do Brasil, José Ricardo Sasseron; e representantes do governo de Mato Grosso.

Durante o encontro, o Banco do Brasil, principal instituição financeira administradora dos recursos do FCO, apresentou os resultados obtidos do Fundo em 2022, que mostraram um investimento de cerca de R$ 10,2 bilhões em contratações, um aumento de 5,2% em relação ao ano anterior, contemplando 100% dos municípios do Centro-Oeste.

No evento, o Ministério do Planejamento e Orçamento apresentou o Plano Plurianual (PPA 2024-2027) que contou com contribuições do Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (PRDCO). Entre os programas que compõe o PRDCO estão a agregação de valor aos produtos da região Centro-Oeste, promoção de alternativas para a diversificação econômica e inclusão produtiva, ampliação das infraestruturas urbana e econômica, conservação e recuperação do meio ambiente.

Outro item aprovado foi o calendário de datas das reuniões Condel, bem como do Comitê Regional das Instituições Financeiras Federais (CRIFF) para o ano de 2024.

Para Rose Modesto, os recursos do FCO são fundamentais para apoiar projetos dos micros e pequenos empreendedores e agricultores familiares contribuindo com o desenvolvimento sustentável da região: “Estou trabalhando para que estes recursos sejam disponibilizados de forma ágil e eficiente para que os empreendedores da nossa região possam trabalhar, gerar renda e assim desenvolver ainda mais o Centro-Oeste”, disse.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, falou do histórico do FCO na contribuição do desenvolvimento do estado: “O Centro-Oeste foi uma das regiões que mais cresceram nos últimos anos, graças a investimentos como os do FCO. Por isso é importante continuar esse programa que investe em logística, energia, água tratada, armazenamento, saúde, todos em prol da qualidade de vida da população”, frisou.

O ministro Waldez Góes parabenizou o esforço das instituições parceiras no processo do desenvolvimento regional: “reafirmo aqui o compromisso do Presidente Lula com a agenda do desenvolvimento regional. Quando falamos do fortalecimento da democracia, responsabilidade com o clima, combate às desigualdades locais, nós estamos falando disso, do desenvolvimento sustentável do país” disse.

Condel
Instituído pela Lei Complementar n° 129 de 2009, o Condel é um órgão deliberativo da Sudeco, composto por governadores dos estados da região Centro-Oeste, ministros da Fazenda, Integração e do Desenvolvimento Regional, Planejamento e Orçamento, Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, além de representantes dos municípios da região central do Brasil, classe empresarial, trabalhadores, ONGs e Banco do Brasil.

O órgão aprova planos e propostas que favoreçam setores importantes da economia regional, além de acompanhar seus trabalhos, diretamente ou por meio de comitês temáticos, desempenhando um papel fundamental na promoção do desenvolvimento econômico e social da região Centro-Oeste.